UmuaramaSol com muitas nuvens. Períodos de céu nublado com chuva. À noite o tempo fica firme.19º27º
|

Polícia

Avó é acusada de matar próprio netinho por negligência em Porecatu

Polícia Civil pediu a prisão da mulher

Foto: Reprodução Redes Sociais

REDAÇÃO O Bemdito 19 de maio de 2019 15h36

Um bebê de 1 ano e 8 meses foi encontrado morto neste fim de semana em Porecatu, a cerca de 90 km de Londrina. A criança foi encontrada já sem vida dentro da casa da avó e a Polícia Civil investiga deu início às investigações.

A avó, Michele Penteado Rodrigues, 39, foi presa em flagrante e autuada por homicídio qualificado. A Justiça decretou a prisão de Michele neste sábado (18). De acordo com a PC a criança morreu devido à negligência da avó, que teria passado mais de 18 horas sem sequer olhar o bebê.

Segundo reportagem do Paraná Portal o bebê não apresentava sinais de agressão mas tinha uma grave ferida causada por assaduras nas costas. Na casa, de classe média alta, a criança foi encontrada em um ambiente repleto de lixo, sujeira, bebidas, cigarros e restos de comida apodrecendo em meio a larvas.

A PC disse que em princípio Michele pediu para o bisavô da criança ligar para a funerária para o corpo fosse recolhido. Os agentes funerários desconfiaram e pediram que a dupla acionasse o Instituto Médico-Legal (IML).

A Polícia acredita que a avó omitiu a data exata da morte do netinho. Também existem suspeitas de que a morte do bebê tenha sido provocada por uma virose não tratada agravada pela fome.

Michele está presa em Londrina.

Já a mãe do bebê, de 17 anos, estaria no Estado do Mato Grosso procurando emprego e voltaria para pegar a criança na sequência.

Comente

Leia também

CAMPESTRI
CURSO
LAB
Fabio Rebuci
Baruck
TUCCA

Mais lidas

GAZIN
OFERTA VIVIAN 2
OFERTA VIVIAN 1
TOYOTA