UmuaramaSol com aumento de nuvens ao longo do dia. À noite ocorrem pancadas de chuva.21º33º
|

Polícia

Denarc e GDE desarticulam quadrilha que distribuía 50 kg de maconha por semana

Foto: OBemdito

O Bemdito 8 de novembro de 2018 10h05

Uma ação envolvendo o Denarc (Divisão Estadual de Narcóticos) de Maringá e Polícia Civil de Umuarama na manhã desta quinta-feira (8) terminou com a prisão de quatro pessoas que eram investigadas por tráfico de drogas. Dois outros envolvidos já haviam sido detidos há alguns dias por policiais militares.

A ação foi comandada pelo delegado do Denarc, Leandro Roque Munin. “A investigação durou cerca de três meses e descobrimos que um grupo de traficantes estaria agindo em Umuarama. Com o apoio do delegado Thiago Soares, da 7ª SDP, começamos a verificar os detalhes de como atuavam os envolvidos”, revela Munin.

De acordo com as investigações, o grupo comercializava em média 50 quilos de maconha por semana, além de cocaína e crack. Na operação foram apreendidos 56 quilos do entorpecente. “Esta quantidade apreendida seria a droga para abastecer a cidade esta semana”, afirma o delegado.

Mandados de prisão foram expedidos pela Justiça e cumpridos durante a manhã no parque Jabuticabeiras e no jardim Ibirapuera.

Lavagem do dinheiro

Os policiais acreditam que o acusado de ser chefe da quadrilha, identificado como Cleiton José Soares, 26 anos, teria comprado terrenos na cidade usando dinheiro do tráfico. “Nós apreendemos duas escrituras de terrenos adquiridos por Cleiton e vamos verificar a procedência. Se houver indícios de que teriam sido comprados com dinheiro proveniente da comercialização das drogas, vamos pedir o sequestro dos bens”, informa Munin.

A venda do entorpecente era feita apenas para outros pequenos traficantes, que por sua vez comercializavam a droga diretamente com os usuários. “A droga era armazenada em duas residências. Em uma delas morava Adão Domingos Julio, 34 anos e na outra, Helio Marcio da costa Lima, 59 anos. Eles também foram presos, além da esposa de Cleiton, de 26 anos”.

No total foram apreendidos 56 quilos de maconha, uma garrucha, documentos, telefones celulares e anotações do tráfico. “Nós acreditamos que tiramos de circulação um traficante de vulto, pois ele não trabalhava com ‘biqueiras’, mas redistribuía a droga para outros traficantes da cidade”, conclui o delegado do Denarc.

Caminho da droga

Para dar como encerrada a investigação, o Denarc pretende encontrar indícios que esclareçam os detalhes do caminho seguido pela droga, que tinha como ponto final Umuarama. “Ainda não temos informações contundentes sobre o distribuidor das drogas. Estamos investigando os vínculos, pois a cocaína e o crack vinham de um lugar e a maconha de outro. Continuamos com as diligências a fim de identificar e prender estas pessoas. Inicialmente identificamos apenas o Cleiton com o distribuidor principal na cidade”, argumenta Munin.

Veja abaixo a entrevista com o delegado Leandro Munin e ao final o que disse Adão Domingos, um dos presos por força de mandado judicial:



Comente

Leia também

katar
REGINA

Mais lidas

OFERTA_VIVIAN 1
OFERTA_VIVIAN 2
GASTRO - Dr. Gilberto