UmuaramaSol com algumas nuvens. Não chove.20º31º
|

Umuarama

Banco de Alimentos volta a atender famílias e entidades com cestas verdes

Cerca de 400 famílias e 16 entidades serão atendidas pelo programa

Foto: Tiago Boeing/PMU

ASSESSORIA PMU O Bemdito 19 de novembro de 2019 12h38

A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente relançou na segunda-feira (18) o Banco de Alimentos – uma parceria entre o município e o governo federal. A retomada das atividades foi possível com a volta do repasse de recursos do Ministério da Cidadania para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), após interrupção ocorrida durante a transição de governo.

"Finalmente voltamos a adquirir frutas, verduras e legumes dos pequenos agricultores para atender famílias carentes e entidades que necessitam do amparo do poder público, para garantir a segurança alimentar. São cerca de 20 toneladas por mês. É uma boa notícia e acreditamos que o programa terá regularidade, para que a população possa contar com esses alimentos na mesa, a cada período de 15 dias, e que o agricultor tenha uma garantia a mais para a venda da sua produção", destacou o prefeito Celso Pozzobom.

O diretor de Agricultura e Pecuária da Prefeitura, Vinícius Chimenez, afirmou que com a produção adquirida pelo Banco de Alimentos o município consegue atender cerca de 400 famílias de vários bairros, além de 16 entidades que servem refeições prontas de graça para a população de rua e pessoas de passagem por Umuarama.

"Distribuímos cestas verdes de alimentos para 200 famílias em cada semana, ou seja, a cada 15 dias os beneficiários recebem uma quantidade razoável de alimentos frescos e variados, garantindo comida de qualidade na mesa", informou o diretor.

Além dos bairros de Umuarama, o programa atende famílias com doentes, pessoas acamadas e idosos, encaminhados pelo Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) nos distritos do município.

As cestas, com média de 20 quilos cada, são entregues às terças e quartas-feiras no Banco de Alimentos, já a aquisição dos produtos ocorre às segundas e terças-feiras. "Temos 130 produtores cadastrados e a cada semana adquirimos cerca de 5 toneladas de alimentos de um grupo de 20 produtores. Na semana seguinte são outros agricultores e assim, por meio de rodízio, compramos de todos os cadastrados", acrescentou Chimenez.

As cestas contam com alface, espinafre, almeirão, repolho, mandioca, tomate, abóbora, pepino, laranja, banana e outros vegetais, além de pão e bolachas caseiras, geléia, mel e outros produtos da agroindústria familiar. O investimento mensal na aquisição dos alimentos é de R$ 50 mil.

"Pelo convênio atual, receberemos o repasse total de R$ 495 mil, que permitirá distribuir as cestas até julho do ano que vem. Esperamos que o programa tenha continuidade para a distribuição não ser interrompida", completou o prefeito Celso Pozzobom.

O relançamento do Banco de Alimentos reuniu pequenos produtores rurais, representantes de entidades assistenciais e lideranças, entre elas o vereador Júnior Ceranto, o diretor de Meio Ambiente, Matheus Michelan Batista, secretários e diretores municipais, e terminou com um café da manhã oferecido aos convidados.

Comente

Leia também

Fabio Rebuci
Baruck
TUCCA
LAB
ANHAGUERA
PLAY GAMES

Mais lidas

OFERTA VIVIAN 2
OFERTA VIVIAN 1
GLOBAL_MOBILE
CARRETÃO - Qualidade Dose Dupla