UmuaramaSol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.18º27º
|

Umuarama

Compras com moeda do Lixo que Vale podem ser feitas diariamente

Foto: José Anselmo Sabino

REDAÇÃO O Bemdito 11 de fevereiro de 2019 17h53

A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente informa aos beneficiários do programa Lixo que Vale que a troca de alimentos por moeda verde pode ser feita diariamente, no Sacolão do Produtor – localizado no entorno do terminal rodoviário urbano praça da Bíblia.

É imprescindível a apresentação da carteirinha do programa e de um documento oficial com foto no momento da troca, tanto pelo titular quanto por outro beneficiário que faça a troca. Outra recomendação é que o participante do projeto leve suas próprias sacolas.

“O intuito do programa é contribuir para a limpeza do bairro e a preservação do meio ambiente, além de melhorar a qualidade da alimentação consumida pela população atendida. Não faz sentido levar os produtos para casa em sacolas de plástico, que em algum momento acabam sendo descartadas na natureza”, lembrou o diretor  Matheus Michelan Batista. A orientação é que a população utilize sacolas retornáveis.

A troca de materiais recicláveis por moeda verde, que depois pode ser utilizada na compra de alimentos, foi retomada em setembro do ano passado com a volta do Lixo que Vale, que atende moradores do parque Jabuticabeiras, Sete Alqueires, Parque Industrial e bairros próximos – como jardim Viveiros, conjunto Arco-Íris e Alto da Glória.

Moradores desses bairros que ainda não possuem a carteirinha podem procurar a Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente na prefeitura, levando RG, CPF e comprovante de endereço originais para a confecção gratuita e participação no programa.

Mudanças

O programa passou por ajustes para ser reativado. Agora não é mais realizada a tradicional feirinha nos bairros onde são coletados os recicláveis. Os beneficiários passaram a utilizar a moeda verde para aquisição de alimentos diretamente no Sacolão do Produtor. “Para que o programa funcione de forma adequada, é necessário que as famílias observem bem as datas de coleta dos recicláveis, troca da moeda verde e a compra dos alimentos”, reforçou o diretor.

No Sacolão, as famílias encontram frutas, legumes, verduras, ovos, produtos lácteos, pães e café, entre outros produtos, tudo fresquinho e adquirido pelo município direto do pequeno produtor, em parceria com a Cooperu – Cooperativa dos Pequenos Produtores Rurais de Umuarama.

A localização facilita o acesso, pois o Sacolão funciona ao lado da praça da Bíblia, que recebe circulares que de todos os bairros da cidade.

Comente

Leia também

LAB
ACIU - SABADAO

Mais lidas

CELIO MOBILE
TAKEJIMA
VIVIAN 1
CARRETÃO - Qualidade Dose Dupla
VIVIAN 2
PLANALTO