Construção irregular no parque Laranjeiras vinha sendo utilizada por moradores de rua  Foto: Suez Val
Construção irregular no parque Laranjeiras vinha sendo utilizada por moradores de rua Foto: Suez Val

Construção irregular utilizada pelos acusados do latrocínio de Guilherme Sela é demolida

Funcionários da Prefeitura demoliram na manhã desta quarta-feira (11) a residência que abrigou os acusados do latrocínio (assalto seguido de morte) do jovem Guilherme Sela, 16. Trata-se de uma construção irregular no parque Laranjeiras, e que vinha sendo utilizada por moradores de rua.

A Guarda Municipal foi acionada, pois houve resistência. Poucas horas após o crime, policiais militares encontraram no local passagens de ônibus, drogas, um notebook e a até uma faca, estabelecendo o elo entre os suspeitos e o crime.

Dois dos acusados, Artur Vinícius Ribeiros Soares, 18, e Hugo Fernando Bahia Mussio, 18, morreram em confronto com a polícia. O terceiro, Mateus Costa Gonçalves, 19, teve a prisão preventiva decretada.

Comente

Veja Também