UmuaramaSol com algumas nuvens. Não chove.18º31º
|

Umuarama

Em três meses, 840 multas foram aplicadas por estacionamento irregular em Umuarama

Uma das principais queixas dos cidadãos é o fato de os motociclistas estacionarem em vagas que não são destinadas às motos

Foto: Ricardo Trindade/ OBemdito

REDAÇÃO O Bemdito 21 de setembro de 2019 16h39

Com a suspensão do contrato com a empresa que administrava a Zona Azul da cidade, a Caiuá Assessoria, Consultoria e Planejamento, o estacionamento rotativo da cidade parou de funcionar desde abril de 2019. O fim do serviço dividiu a opinião dos moradores com relação a rotatividade do estacionamento. Uns sustentam que o serviço é essencial para garantir mais vagas na área urbana de Umuarama, outros já consideram que o serviço é uma forma de tirar dinheiro do cidadão.

O fato é que em determinados períodos do dia, o estacionamento da zona central fica lotado e é difícil conseguir vagas. O que se verifica também e o que vem revoltando muitas pessoas é o fato de motociclistas estacionarem as motos em locais impróprios para a parada desse tipo de veículo. “Eu ando pela avenida Paraná para procurar vagas durante o dia e fico um tempo até encontrar, mas fico nervoso quando vejo motos estacionadas por bastante tempo em locais que deveriam ser para carros ou para outros tipos de serviço. Aí quando preciso estacionar meu carro, não encontro vaga”, conta o estudante, Gabriel Fernandes.

Apesar da rotatividade do estacionamento não estar funcionando, as multas por estacionar em locais impróprios ou de forma irregular continuam sendo aplicadas. De acordo com os dados da Umutrans, de junho a agosto 840 notificações de irregularidades foram feitas. Em junho foram 290, julho 375 e agosto 175.

A penalidade que mais conta no registro da Umutrans é estacionar em vaga de carga e descarga e em desacordo com a regulamentação especificada pela sinalização. A multa aplicada por estacionar irregularmente em vaga de carga e descarga representa mais da metade do total registrado nos últimos meses, chegando a 435 notificações. As autuações geralmente são aplicadas pela Guarda Municipal.

Para a diretora da Umutrans, Dianês Pifer, o fato d eo estacionamento rotativo não funcionar na cidade fez com que muitos hábitos, que antes eram praticados deixassem de ser realizados, como guardar as motocicletas nos fundos dos estabelecimentos comerciais. “Com a Zona Azul operando, muitos comerciantes guardavam as motocicletas nos fundos dos comércios, porque era mais fácil do que pagar pelo estacionamento. Hoje, como não há a obrigatoriedade da rotação e nem é cobrado para estacionar, muitos motociclistas deixam as motos nas vagas disponíveis, sem muitas vezes nem se importar se a vaga é para este tipo de veículo ou não. O que o motociclista precisa saber é que ele deve estacionar no centro em locais que são destinados exclusivamente às motos”, diz Dianês.

As pessoas que verificarem irregularidades no sistema do estacionamento podem entrar em contato com a Guarda Municipal, a fim de que as medidas cabíveis sejam tomadas. O telefone para acionar o serviço é o 199.

Comente

Leia também

CDO
TUCCA
Fabio Rebuci
CURSO
DRA_ALINE_E_THAIS
Baruck

Mais lidas

AUDITHORIUM
OFERTA VIVIAN 2
OFERTA VIVIAN 1
CARRETÃO - Qualidade Dose Dupla