UmuaramaSol com algumas nuvens. Não chove.14º27º
|

Umuarama

Empreiteira inicia recapeamento da avenida Ângelo Moreira da Fonseca

Foto: Tiago Boeing/PMU

ASSESSORIA PREFEITURA UMUARAMA O Bemdito 22 de julho de 2019 19h17

Os motoristas que chegam pela rodovia PR-323 no trevo do Posto Gauchão, para acessar o centro da cidade, devem ter atenção com as obras de recapeamento asfáltico da Avenida Dr. Ângelo Moreira da Fonseca, iniciadas no final de semana. O reperfilamento, que corrige o pavimento, foi finalizado no domingo e nesta segunda-feira, 22, os operários da empreiteira responsável pela obra iniciaram o recape com a aplicação de uma grossa camada de massa asfáltica usinada a quente.

O recapeamento asfáltico atenderá uma extensão de 1.750 m – entre o trevo do Posto Gauchão e o final da Avenida Brasil. O projeto inclui incluindo rampas de acessibilidade, 1.730 m de galerias pluviais, adequações nos canteiros, calçadas e novas travessias, facilitando o acesso aos pedestres. Há a previsão, ainda, de construção de uma ciclovia no canteiro central. “Essas obras compreendem o investimento de R$ 1.997.040,88 e vão transformar esse importante acesso a Umuarama em uma área mais segura tanto para motoristas quanto para pedestres e ciclistas”, disse o prefeito Celso Pozzobom.

Com a implantação de galerias – o trecho ainda não contava com tubulação para escoamento de águas pluviais – a obra vai eliminar outro problema sério da região. “Nos dias de chuva, a água atrapalha o trânsito e os estabelecimentos comerciais, causando transtorno. No projeto de revitalização desse acesso, o prefeito incluiu as galerias para que o tráfego possa fluir tranquilo e seguro mesmo nos dias chuvosos”, explicou o secretário de Obras, Planejamento Urbano e Projetos Técnicos, Isamu Oshima.

O secretário também recomendou atenção aos motoristas. “Pelo ritmo das obras, serão poucos dias de bloqueio e desvio do tráfego. Mesmo assim é importante tomar cuidado, principalmente nos horários de maior movimento já que aquele é um dos principais pontos de entrada e saída da cidade. Em poucos dias o trânsito estará normalizado e a via em condições muito melhores”, apontou Isamu.

O projeto inclui ainda rampas para pessoas com deficiência com piso tátil, calçada em concreto,  pintura de sinalização horizontal; placas (sinalização vertical); construção de rampas em estrutura de concreto armado e piso em laje pré-moldada; guarda-corpo com corrimão em tubo de aço galvanizado pintado, meio-fio e sarjeta em concreto, rede de galeria com tubos de concreto, bocas-de-lobo, caixas-de-ligação e poços-de-visita. A área pavimentada soma 1.452,28 m² e serão 29.735,30 m² de recapeamento.

Comente

Leia também

TUCCA
PIMENTA DOCE
LAB

Mais lidas

ACIU - SABADAO
OFERTA VIVIAN 1
CARRETÃO - Qualidade Dose Dupla
OFERTA VIVIAN 2