UmuaramaSol com algumas nuvens. Não chove.17º28º
|

Umuarama

Encontro Entre Elas discute o assédio em Umuarama no dia 30

O evento é aberto a todas as mulheres que desejam participar da discussão

Foto: Divulgação

REDAÇÃO O Bemdito 23 de junho de 2019 18h50

Uma pesquisa do Instituto Patrícia Galvão, divulgada no último dia 18, revela que 97% das mulheres do Brasil já sofreram assédio em transporte público. A última pesquisa realizada pela Datafolha, em 2018, indica que 90% das brasileiras já foram vítimas de assédio sexual. Além desses tipos de assédios, há aqueles que são praticados no trabalho, nas universidades e em outros espaços públicos.

O assédio abrange várias atitudes, mas em todas há a recorrência de comportamentos perturbadores, ameaçadores e constrangedores, de forma repetitiva. É com o intuito de trazer informações a respeito do que se caracteriza o assédio que um grupo de mulheres está promovendo um encontro para debater o assunto, em Umuarama.

O debate sobre o assédio é o tema do 2º Entre Elas: Diálogos que empoderam. O evento será realizado no Vikings Lounge Beer, a partir das 15h30, do domingo (30) e é gratuito. Conforme a organizadora do encontro, Ingrid Lima, a ideia de realizar a discussão surgiu após uma conversa entre mulheres. “No primeiro encontro do Entre Elas, a organização sugeriu que elas dessem ideias de temas contemporâneos que pudessem ser discutidos no próximo evento. Como muitas relataram que já sofreram assédio e que gostariam de conhecer mais sobre o assunto para que pudessem se empoderar, decidimos que esse seria o tema do debate”, conta Ingrid.

Segundo a organizadora, a ideia do Entre Elas é reunir mulheres para promover a união, o empoderamento e diminuir o sentimento de concorrência que existem entre o grupo. “No caso do debate sobre o assédio, a intenção é trazer conhecimento às mulheres para que elas conheçam seus direitos e para que também possam obter auto-estima para enfrentar as situações de assédio do dia a dia, de forma empoderada, sem se deixar abalar”, diz Ingrid.

No encontro haverá uma caixa do desabafo, uma conversa entre as mulheres e a orientação de advogadas, psicólogas e da vereadora Ana Novais, que confirmou presença no evento. A expectativa da organização é que haja a participação de 60 pessoas aproximadamente.

Para o encontro, a organização pede que as mulheres tragam algum lanche para compartilhar entre elas e também alguns produtos higiênicos que possam ser doados às mulheres em situação de vulnerabilidade. O evento é aberto e exclusivo a todas as mulheres que desejam participar. Na ocasião, haverá o show da cantora Duda e um espaço aberto para o karaokê. A participação é gratuita.

Comente

Leia também

ICE_BANANA
ponto mais
PLATA
PIMENTA DOCE
CABINE
TUCCA

Mais lidas

TAKEJIMA
CELIO MOBILE
CARRETÃO - Qualidade Dose Dupla
PLANALTO