UmuaramaSol com algumas nuvens. Não chove.17º28º
|

Umuarama

Tecnologia usada pela Construtora Morena permite que cliente personalize espaços do apartamento

No decorrer da construção, compradores têm a possibilidade de intervir nas divisões internas do apartamento
No decorrer da construção, compradores têm a possibilidade de intervir nas divisões internas do apartamento
Foto: Danilo Martins

O Bemdito 25 de junho de 2019 19h20

Comprar apartamento na planta e só poder mudar o layout depois da entrega do imóvel, meses depois, virou coisa do passado nos empreendimentos da Construtora Morena, de Umuarama. Ao utilizar a tecnologia de laje protendida, a empresa permite ao cliente criar o interior do residencial ao seu estilo, colocando e retirando paredes, por exemplo. 

"Ao oferecer a possibilidade de customização ou personalização, atingimos uma gama maior de compradores. Desde uma pessoa solteira que queira um home office ou famílias com filhos, que precisam de um número maior de dormitórios, até um casal que não tem filhos e prefere um living ampliado. Esse é um diferencial na hora da venda e abre uma proximidade maior com os clientes", diz o engenheiro civil Moacir Zafanelli Junior.

Estar mais próximo do cliente e oferecer o apartamento que ele sempre sonhou é uma tendência que vem se consolidando no mercado imobiliário. Dessa forma, a comercialização não impõe mais plantas padrões que só podem ser mudadas após a obra, forçando a necessidade de retrabalho e a contratação de um arquiteto e um empreiteiro próprios.

A Morena está enviando correspondência para todos os clientes que adquiriram unidades no Montpellier Residence, localizado próximo do Higienópolis Centro Médico e Empresarial, e da Uopeccan, para que façam as intervenções de planta que considerarem necessárias em seus apartamentos. 

Outros empreendimentos da construtora seguem a mesma linha de personalização. A planta tipo é apenas uma referência na hora da venda, uma vez que o comprador é considerado único, com seus gostos e necessidades.

 “Já não nos baseamos mais em um perfil definitivo de cliente, e sim de vários, elaborando estruturas com menos pilares e vigas, de forma a propiciar layouts que não comprometam a flexibilização das plantas”, explica o engenheiro da Morena.

Os corretores da Construtora têm observado vários clientes adquirindo apartamentos com três dormitórios e deixando-os com dois. O espaço “extra” deixado pelo terceiro quarto é usado para ampliar a sala, que fica mais ampla e confortável. Também é possível integrar a cozinha com o living, transformando o ambiente em cozinha americana, desejo de muitos.

As poucas restrições à personalização são nas áreas de varanda, que não podem ser fechadas ou receber iluminação diferente da planejada originalmente, e de cozinha e banheiro, que não podem ser deslocados, devido às prumadas hidráulicas. Mudar esses cômodos de lugar inviabilizaria o projeto.

A Construtora Morena está há 32 anos no mercado imobiliário. Assim que voltou a atuar com mais força na construção de edifícios residenciais de grande porte, passou a buscar inovações constantes. “Nossas maiores mudanças são construídas ouvindo mais o cliente, o que ele pensa, o que ele quer, o que é melhor para ele. O resultado é muito bom, porque estamos crescendo bastante com essa forma de trabalhar”, diz Moacir Junior.


Comente

Leia também

CABINE
PLATA
TUCCA
ICE_BANANA
PIMENTA DOCE
ponto mais

Mais lidas

CELIO MOBILE
TAKEJIMA
CARRETÃO - Qualidade Dose Dupla
PLANALTO