UmuaramaSol com algumas nuvens. Não chove.17º28º
|

Umuarama

Unipar doa mais de 700 livros para entidade e biblioteca em penitenciária

Foto: Unipar

O Bemdito 14 de setembro de 2018 17h27

A Universidade Paranaense – Unipar, em suas sete unidades, disponibiliza um grande acervo de livros aos seus acadêmicos e professores. São mais de 400 mil exemplares, em nove bibliotecas. Neste ano, em Umuarama, buscando reorganizar seu espaço, a biblioteca do Câmpus Tiradentes reuniu 736 para doação, beneficiando a Associação Desafio Jovem Canaã, mantenedora da Fazenda Renascer, e a Penitenciária Estadual de Cruzeiro do Oeste (Peco).

A diretora, bibliotecária Inês Gemelli, conta que a iniciativa surgiu da necessidade de fazer o desbaste de obras da área de Letras, com o critério de manter um exemplar de cada uma e doar os outros, sem comprometer a qualidade do acervo e, consequentemente, o aprendizado dos acadêmicos. “De tempo em tempo temos que fazer isso, considerando que a Unipar está sempre renovando o acervo de suas bibliotecas”, disse Inês, na recepção aos representantes das entidades que participaram do ato da entrega dos livros.

O reitor Carlos Eduardo Garcia prestigiou a entrega. Ele lembrou que a biblioteca é um espaço de cultura muito abrangente e a leitura colabora para o aprimoramento intelectual dos leitores. “Por isso estou honrado de participar deste processo caridoso, compartilhando um pouco da missão da Unipar com essas entidades”, destacou.

O diretor da penitenciária, Arnob Lemes, explica que a Peco tem o objetivo de oferecer aos presos o acesso ao conhecimento para tirá-los da ociosidade: “Procuramos mantê-los ocupados, estimulando a leitura para que possam cumprir a pena de uma forma menos degradante e sair dali cidadãos melhores”. Ele afirma que os livros vão para a biblioteca da Peco, que desenvolve o projeto ‘Remissão de pena por leitura’.

Reitor e os diretores das entidades que participaram do ato da entrega, na biblioteca do Câmpus III

A juíza Roseli Maria Geller Barcelos, da Vara de Execuções Penais de Cruzeiro do Oeste, e a promotora de justiça Wilza de Lacerda, também participaram. Elas elogiaram a iniciativa da Unipar e o trabalho realizado pelas entidades.

Para os diretores da Renascer, a doação vem em bom momento. Tânia Maria Reolan disse que a entidade está ampliando sua biblioteca. “Para nossos assistidos a leitura é muito importante! Estamos recebendo livros bons de literatura, o que vai fortalecer ainda mais nosso projeto que incentiva essa prática”.

Comente

Leia também

NEIDE KUMAGAI - Hipnose
PRO-OFTALMO
REGINA
katar

Mais lidas

OFERTA_VIVIAN 2
OFERTA_VIVIAN 1
GASTRO - Dr. Gilberto
CARRETÃO - Qualidade Dose Dupla