UmuaramaSol com algumas nuvens. Não chove.16º30º
|
CÂMARA UMUARAMA

Polícia

Cão da Polícia Militar faz demonstração de ação em situações de risco

Policiais demonstraram como o cão reage em abordagem
Policiais demonstraram como o cão reage em abordagem
Foto: Bruno Alex

O Bemdito 17 de maio de 2018 11h33

A cena de um cão atacando um policial parecia novidade aos cerca de 300 alunos de ensino médio e fundamental da Escola Tiradentes de Umuarama. Uma demonstração da atuação dos cães que integram o grupo Canil da Polícia Militar foi realizada na manhã desta quinta-feira (17), a pedido do diretor da escola Edmar da Silva.

O pastor alemão Jhonny, de 3 anos e meio está em treinamento desde os 45 dias de vida e desde o nascimento faz parte da coorporação. Outra apresentação será realizada à tarde no mesmo estabelecimento de ensino.

O cão de patrulha é usado também nas vistoria em cadeias e se necessário, no controle de multidões. O comando é do soldado Gildeto Meira que trata e treina o animal.

Na escola Tiradentes foi apresentada a abordagem policial com a utilização do cão. Uma manga especial é utilizada pelo 'abordado' para que a 'dentada' não cause ferimentos, apesar de a pressão da mordida ser muito grande. “Muitos alunos pediram para acariciar o Jhonny, mas este animal não é preparado para receber esse tipo de atenção. Ele é usado nas abordagens e tem um comportamento diferenciado, pois recebeu treinamento especial para abordagens”, explica Meira.

O adestrador também conta que cada cão tem um tempo específico de trabalho dentro da corporação que vai até os 8 anos de idade, depois é aposentado.só então pode ser doado para um civil, apesar de a orientação é de que permanece no quartel até a morte.

O Jhonny foi apresentado numa situação parecida com um ataque de um bandido a um policial assim que foi feita a abordagem. Técnicas empregadas quandoha a necessidade de um ataque e de quando o cão deve permanecer ao lado do policial também foram apresentadas.

Leia também

Comente

Serão moderados e passíveis de não publicação e/ou exclusão os comentários de cunho eleitoral, que contenham termos que possam caracterizar propaganda eleitoral, tais como a divulgação de nomes e números de candidatos, siglas e nomes de partidos políticos, slogans de campanhas partidárias, bem como palavras chave, tais como eleições, segundo turno ou outras nomenclaturas dessa espécie. Essa restrição permanecerá até o final do período eleitoral.

ORAL SIN - Aniversário

Mais lidas

OFERTA_VIVIAN 1
NETSET
NETSET