Pequena e temível, lagarta tem feito vítimas com ferimentos graves e aé levado a óbitos  Foto: Divulgação
Pequena e temível, lagarta tem feito vítimas com ferimentos graves e aé levado a óbitos Foto: Divulgação

Agricultor vai parar no hospital após contato com taturana em Chopinzinho

No início da semana, a morte de uma agricultora após tocar em uma taturana, no interior de Santa Catarina, teve grande repercussão. Nesta quarta-feira (10), o caso de um agricultor de Chopinzinho (a 87 quilômetros de Francisco Beltrão) também chamou a atenção.

Sebastião Nunes Dalmazo, 59, foi encaminhado ao hospital após contato com a lagarta, durante uma atividade no sítio de sua propriedade, em Barra do Bugrinho.

Não é bem a queimadura e sim as toxinas liberadas pela lagarta Lonomia que podem levar à morte. O veneno reduz, no organismo da vítima, a formação de fibrina, substância responsável pela coagulação do sangue. A diminuição pode causar graves hemorragias.

Os organismos de saúde reforçam o alerta quanto ao perigo que representa, principalmente no período de maior incidência, entre o verão e a primavera.

Comente

Veja Também