UmuaramaSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.20º35º
|

Paraná

Campeão do rodeio de Barretos é confirmado na ExpoPérola

Daniel Batista de Lima foi o campeão do rodeio em Pérola no ano de 2018

Foto: Janaína Cardoso – Waguinho Souza

O Bemdito 10 de setembro de 2019 19h38

Em 2018, o goiano Daniel Batista de Lima escreveu seu nome na galeria de campeões do Rodeio da ExpoPérola, em Pérola, um dos mais conceituados rodeios do estado. A 16ª edição do evento acontece nesta semana e a partir desta quinta-feira (12), ele está de volta a cidade onde é um dos favoritos a subir ao lugar mais alto do pódio.

Tudo vem dando certo na vida do atleta de 20 anos, que vive um momento especial na carreira. Há exatamente duas semanas, ele entrou para a história como o segundo atleta mais jovem a conquistar o título do Barretos International Rodeo, a competição mais famosa do país, onde ganhou como prêmio uma pick-up zero km, avaliada em cerca de R$ 280 mil.

“Depois do título em Barretos, muitas portas se abriram, vários rodeios me convidaram para competir esta semana, mas eu optei por estar em Pérola, onde quero buscar mais uma vez o título,” revelou ele.

A ótima fase é traduzida em números. Este ano, o competidor que representa a cidade de Inhumas/GO permaneceu os oito segundos em mais de 80% dos touros que montou, um excelente índice para os rodeios de alto nível que ele competiu. “O Rodeio de Pérola é um dos mais importantes da minha carreira, pois todos os anos recebe grandes competidores e grandes touros. Sempre é muito disputado e ser campeão nesta arena é um motivo de honra,” declarou. Seu bom desempenho tem lhe mantido desde o início do ano entre os cinco melhores da Copa Wrangler Ekip Rozeta, um dos principais campeonatos do Brasil e que mantém uma parceria de mais de 10 anos com a Sociedade Rural de Pérola. Daniel Batista já venceu quatro etapas nesta temporada e espera se tornar o recordista de vitórias em 2019, com um novo título em Pérola, que contará como a 58ª etapa do campeonato.

Para ser campeão novamente, Daniel Batista precisa ‘vencer’ os quatro touros que montar durante a competição em Pérola e ainda somar mais pontos que seus mais de 30 concorrentes que também estarão na disputa do título. As notas nas montarias só são validadas se o competidor conseguir permanecer os oito segundos sobre o animal e então os juízes avaliam de 0 a 100 pontos, sendo 50% para o desempenho do touro e os outros 50% para o desempenho do competidor. Os touros que cada competidor irá montar são sorteados previamente e o goiano sabe que o sorteio neste caso pode ser decisivo.

“Em rodeios deste nível não existem touros fáceis, mas tem alguns que temos mais facilidades, conseguimos colocar melhor a nossa técnica e suportar os oito segundos. O sorteio pode ajudar, mas pra ser campeão é preciso vencer qualquer tipo de touro”, diz.

De origem humilde e criado no interior de Goiás, o atleta desfruta do bom momento vivido, pois nem sempre foi fácil, nem na vida e muito menos na carreira de peão de rodeio. “No início era muito difícil, não tinha oportunidade, pois era muito novo e poucos acreditavam no meu potencial. Com o tempo foram entrando pessoas especiais em meu caminho, que me ajudaram a chegar aos grandes rodeios. Tudo que tenho hoje ganhei graças ao rodeio”, relatou Daniel.

O prêmio conquistado em Barretos vai ajudá-lo a comprar sua primeira casa própria, onde irá viver com a família e, em especial, com a esposa Lorena e o filho Heitor Daniel em seu estado natal. Ainda muito jovem, ele sabe que há muito ainda a conquistar pela frente. Após Barretos, o título que está em seu foco agora é o de campeão nacional pela Ekip Rozeta, na temporada que se encerra em novembro.

(Informações: Agência PrimeComm)

 

Comente

Leia também

CURSO
Baruck
Fabio Rebuci
TUCCA
CAMPESTRI
LAB

Mais lidas

OFERTA VIVIAN 1
GAZIN
OFERTA VIVIAN 2
TOYOTA
CARRETÃO - Qualidade Dose Dupla