UmuaramaSol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.18º27º
|

Paraná

Encenação da Paixão de Cristo lota arquibancada da Sociedade Rural, em Altônia

Foto: OBemdito

ANDRESSA ZAFFALON O Bemdito 20 de abril de 2019 13h30

A cidade de Altônia também foi palco da tradicional encenação da Paixão de Cristo, na sexta-feira (19), organizada pela Paróquia São Sebastião. O evento ocorreu na arena da Sociedade Rural do município e o público lotou a arquibancada para prestigiar o teatro que narra a vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo, totalizando um público de mais de duas mil pessoas.

A encenação começou com a narração do anúncio do anjo a Maria sobre a vinda de Cristo ao mundo. Essa foi uma novidade trazida ao público, com relação aos outros anos que já iniciava a peça com a trajetória de Jesus, já adulto. O teatro arrancou lágrimas e despertou sentimentos da multidão que acompanhava as cenas representadas nos diversos cenários montados na arena e na arquibancada da Sociedade Rural.

O funcionário público, Vanilton Souza, foi um dos que se emocionou com a peça. Para ele, que foi ao evento principalmente para levar os filhos, que são crianças, o teatro traz ensinamentos valiosos para a vida cotidiana. “A peça ensina a importância de ser forte para carregar nossas cruzes diárias, nossos sofrimentos.  Porque assim como Jesus venceu a morte, nós também podemos vencer nossa batalha. A forma como ele é torturado evidencia muito isso, foi o que emocionou. Ele passou por muitas humilhações e mesmo assim não se entregou para as coisas ruins do mundo”, disse o espectador.

Para o organizador, Valdeci Silva, é motivo de orgulho para a cidade de Altônia contar com um público grande e com a participação da comunidade nos preparativos da encenação, que contou com aproximadamente 200 atores e figurantes. “Começamos os ensaios no início da quaresma e mesmo com todos os afazeres da vida cotidiana, os voluntários participavam do ensaio de duas a três vezes na semana. Ver as pessoas emocionadas nos motiva a querer continuar nesse caminho”, ressalta.

Percorrendo os caminhos que Jesus trilhou durante a trajetória em vida, estava Cláudio Serrano, que teve a importante função de interpretar o protagonista da peça. Para ele, que também é designer, o desafio foi gratificante. “Não é fácil conciliar a vida profissional e os afazeres pessoais com os serviços da igreja, porque é tudo muito corrido. Mas eu tive fé de que essa missão a mim encarregada de representar Jesus Cristo seria uma providência, porque nós também precisamos cuidar do nosso espírito. Isso nos fortalece no dia a dia. Sinto-me honrado em poder disseminar um pouco da palavra de Deus e poder servir à comunidade”, destaca Cláudio.

Para o organizador, Valdeci Silva, a missão do teatro é a evangelização, porém, um dos intuitos da Paróquia neste ano foi proporcionar um evento cultural de qualidade para os altonienses.  “Nós queremos que a sociedade enxergue que Altônia também tem atrações e pessoas dispostas a fazer o bem. A cidade é mal vista, às vezes, por conta das tragédias frequentes que acontecem aqui. Em meio a essa visão, nós queremos fazer diferente e passar o sentimento de amor para a comunidade”, completa o organizador.






Comente

Leia também

ACIU - SABADAO
LAB

Mais lidas

CELIO MOBILE
TAKEJIMA
VIVIAN 1
VIVIAN 2
CARRETÃO - Qualidade Dose Dupla
PLANALTO