NATAL_TOPO
Maior central de abate de suínos da América Latina deve assegurar milhares de empregos diretos  Foto: Divulgação
Maior central de abate de suínos da América Latina deve assegurar milhares de empregos diretos Foto: Divulgação

Frimesa anuncia início das obras do maior frigorífico da América Latina

A Frimesa vai realizar o lançamento da pedra fundamental de mais uma planta industrial, no dia 19 de outubro, às 17h, em Assis Chateaubriand, no Oeste do Paraná.

“Estamos há mais de três anos discutindo, aperfeiçoando e estudando a implantação desse projeto. Esse trabalho culmina agora, quando estaremos, na realidade, realizando o marco inicial desse grande frigorífico, que será o maior da América Latina, com capacidade de abate de mil cabeças por hora”, disse o diretor executivo da cooperativa, Elias Zydec.

Está prevista a geração de cerca de 5 mil empregos diretos.

Etapas

De acordo com ele, os trabalhos serão executados em etapas. “Após o lançamento da pedra, começaremos com toda a parte de infraestrutura, terraplanagem, escavações, fundações e esperamos que, em 8 a 10 meses, esteja concluída essa etapa para depois iniciarmos, então, a obra civil e as instalações", explica.

"Num primeiro momento, serão investidos R$ 600 milhões e, na outra fase, mais R$ 350 milhões, que possivelmente será lá por 2024, 2025. Nosso projeto prevê atingir 15 mil cabeças por dia no ano de 2030”, acrescentou.

Central

Com sede em Medianeira, a Frimesa é uma central formada por cinco cooperativas filiadas e possui cerca de 4.900 produtores que atuam como parceiros e fornecedores da matéria-prima utilizada na industrialização de seus produtos.

Trata-se da maior empresa paranaense de abate e processamento de suínos e está entre as maiores empresas do Brasil de recebimento de leite. Atualmente conta cinco unidades industriais.

Em Medianeira está localizado o complexo de processamento de carnes e as unidades de operação de leite em Marechal Cândido Rondon, Matelândia e Capanema, no Paraná, e Aurora, em Santa Catarina.

Atualmente abate 6.500 suínos por dia, produz mais de 330 mil toneladas de alimentos por ano e processa diariamente 655.132 litros de leite.

(Sistema Ocepar)

Comente

Veja Também