UmuaramaSol com algumas nuvens. Não chove.18º34º
|

Paraná

Funcionários dos Correios realizam assembleia para definir rumos da greve

Os empregados decidiram entrar em greve para protestar contra mudanças no pagamento do plano de saúde
Os empregados decidiram entrar em greve para protestar contra mudanças no pagamento do plano de saúde
Foto: EBC

REDAÇÃO O Bemdito 13 de março de 2018 07h38

Os trabalhadores dos Correios em todo o Paraná participam, na manhã desta terça-feira (13), de assembleias para definir o rumo da paralisação da categoria, deflagrada nesta segunda-feira (12).

De acordo com Ezequiel Dutra, diretor de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios do Paraná (Sintcom-PR), algumas assembleias no interior do Estado acontecem a partir das 8h, enquanto em Curitiba o encontro está marcado para às 10h na sede da empresa na rua João Negrão, no bairro Rebouças.

Os empregados decidiram entrar em greve para protestar contra mudanças no pagamento do plano de saúde. Como não houve acordo entre funcionários e os Correios, o caso parou no Tribunal Superior do Trabalho (TST), que julgou nesta segunda-feira que os funcionários vão passar a pagar um percentual do custo do plano ofertado pela empresa. O valor será proporcional ao salário.

O TST deu prazo até julho de 2019 para que os Correios e os trabalhadores cheguem a um acordo sobre a manutenção ou não dos pais como dependentes dos empregados e quem vai pagar esta despesa. Até lá, eles permanecem como dependentes e terão direito ao atendimento completo. Já os dependentes que são cônjuges terão que pagar o equivalente a 65% ao que é pago pelo titular do plano; os filhos, 35%.

“Nós sofremos uma derrota no TST e agora vamos discutir que rumo vamos tomar”, salientou Dutra.

Mais cedo, Correios e o Sintcom-PR divergiram quanto à adesão dos funcionários na paralisação. A empresa informou que a maior parte dos trabalhadores foram para os seus postos normalmente, enquanto o sindicato comunicou que a adesão da categoria superou os 60%. Em todo o País, a quantidade de empregados parados foi baixa, conforme balanço divulgado pela empresa.

(Massa News)

Leia também

Comente

Serão moderados e passíveis de não publicação e/ou exclusão os comentários de cunho eleitoral, que contenham termos que possam caracterizar propaganda eleitoral, tais como a divulgação de nomes e números de candidatos, siglas e nomes de partidos políticos, slogans de campanhas partidárias, bem como palavras chave, tais como eleições, segundo turno ou outras nomenclaturas dessa espécie. Essa restrição permanecerá até o final do período eleitoral.

HOYER - 20% Desconto
NEIDE KUMAGAI - Hipnose
ORAL SIN - Aniversário
RINOPLASTIA - Dr. Ricardo
OFERTA_VIVIAN 1

Mais lidas

katar
OFERTA_VIVIAN 2
churrascaria
CARRETÃO - Qualidade Dose Dupla