Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Professor é linchado até a morte por populares após suspeita de abuso sexual

Um professor de capoeira foi linchado até a morte por populares na noite de quarta-feira (16) após suspeita de abuso sexual em Curitiba.

Segundo informações, Manoel Lourenço Gonçalves, de 47 anos, era suspeito de mostrar as partes íntimas para crianças e mulheres. 

Por volta das 23h, na rua Delegado Ozias Algauer, vizinhos da região abordaram o homem próximo do cruzamento com a rua Antonio José Bonato, e iniciaram as agressões. 

Manoel não resistiu e morreu. Seu corpo foi jogado em um terreno baldio às margens da rua. 

Não se sabe quantas pessoas estiveram envolvidas no crime. Familiares negam a versão e afirmam que com a ajuda da polícia vão provar a inocência da vítima. 

Ele não tinha antecedentes criminais nem boletim de ocorrência de abuso sexual registrado. Diversas pessoas lamentaram a morte elas redes sociais.

O caso deve ser investigado pela DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa). 

(Banda B)

Comente

Veja Também

PREFEITURA