UmuaramaSol com algumas nuvens. Não chove.12º23º
|

Saúde

Alguns tipos de vacina contra meningite estão disponíveis nos postos de Umuarama

Foto: Agência Brasil

ANDRESSA ZAFFALON O Bemdito 6 de março de 2019 18h50

Após as ocorrências constantes de casos de meningite meningocócica no Brasil, inclusive no Paraná, a busca pelas vacinas para a prevenção da doença aumentou. Em Umuarama, conforme as informações repassadas pela assessoria de imprensa da Prefeitura, das três vacinas mais potentes para o combate da doença, apenas a vacina contra a meningite meningocócica C, a mais frequente entre as meningites bacterianas, está disponível na rede pública de saúde.

Vale destacar que a prefeitura de Umuarama segue o Programa Nacional de Imunizações do Sistema Único de Saúde (SUS) e que, até o momento, essa é a única disponível em toda instituição de saúde pública do Brasil.

As outras duas vacinas mais eficazes no combate à doença são contra a meningite meningocócica B (a mais perigosa) e contra as meningites meningocócicas A, C, W e Y. As duas estão disponíveis apenas na rede privada. A de tipo B por uma média de R$ 575 e as de tipo A, C, W, Y ao custo médio de R$ 380.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, outras imunizações estão disponíveis na rede pública de saúde, mas não são tão específicas para a meningite meningócica, a mais perigosa. A vacina contra a Haemophilus influenzae tipo B, por exemplo, protege contra as pneumonias, meningites e otites causadas pela bactéria Haemophilus.

Em Umuarama também há a disponibilização da vacina pneumocócica 10, utilizada para prevenir as doenças causadas pela mesma bactéria da pneumonia.

O que é meningite?

A meningite é caracterizada como uma inflamação das membranas que envolvem o cérebro. Pode ser desencadeada por vírus, bactérias e fungos. A meningite meningócica é a forma mais grave de meningite bacteriana causada pela bactéria Neisseria meningitidis. As manifestações dessa doença evoluem e podem se agravar de forma muito rápida.

Os sintomas da meningite são caracterizados por febre, fadiga, enfraquecimento, dor de cabeça, rigidez da nuca, irritabilidade, confusão mental, vômito e manchas na pele. Caso a pessoa tenha algum sintoma, deve procurar um médico. 

As vacinas na rede pública geralmente são aplicadas em crianças. No caso da imunização contra a meningite meningocócica C, o recomenado é que se tome duas doses entre três e cinco meses de idade, um reforço aos 12 meses e um outro entre 11 e 14 anos. Em outras idades, o indivíduo pode procurar um laboratório da rede particular e pagar pela imunização.

A meningite meningocócica foi a doença que atingiu e matou o neto do ex-presidente Lula e também um adolescente em Pérola do Oeste, no Paraná, no mês de março.

Comente

Leia também

ICE_BANANA
CABINE
PLATA
ponto mais

Mais lidas

TAKEJIMA
CELIO MOBILE
CARRETÃO - Qualidade Dose Dupla
PLANALTO