UmuaramaSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.22º32º
|

Saúde

Nutrição: 3 alimentos que passaram de mocinhos para vilões

Fitoestrogênios e goitrogênicos são responsáveis pela inclusão da soja nalista
Fitoestrogênios e goitrogênicos são responsáveis pela inclusão da soja nalista
Foto: Divulgação

REDAÇÃO O Bemdito 26 de junho de 2017 18h04

A correria do dia a dia é inegável, mas a fadiga e o cansaço crônico não são normais. É seu corpo sinalizando que algo não está certo, e isso pode ter a ver com a alimentação. O Dr. Rafael Freitas, idealizador do Doutor Nature (www.doutornature.com), aponta três alimentos – ditos saudáveis – que podem ser a causa dessa falta de energia e explica:
 
1. Soja processada
Vendido como um alimento saudável e alternativo ao consumo de produtos de origem animal, ela pode causar sérios problemas devido aos altos níveis de fitoestrogênios. Tais substâncias interferem nas glândulas adrenais, podendo ocasionar modificações físicas nos homens – aumento de peso, diminuição do desejo sexual e fertilidade – e câncer de mama nas mulheres. Outro problema é a quantidade de goitrogênicos, substância prejudicial à tireoide e que pode levar a um quadro de hipotireoidismo.
 
2. Suco de clorofila
A grande quantidade de clorofila no suco é a justificativa para comercializá-lo como um alimento saudável, mas é isso mesmo que o torna um inimigo do organismo: nosso corpo não está condicionado para processá-la. “Precisaríamos ter quatro estômagos – como as vacas – para conseguir digeri-la. Ainda por cima, a clorofila contém toxinas causadoras de mal-estar e ânsia”, comenta o Dr. Rafael.

3. Goji berry
Assim como o Darth Vader, as goji berries começaram como mocinhas para depois mostrarem sua verdadeira face. Elas contêm em sua composição lecitinas – proteínas que afetam o sistema imunológico e evitam que o corpo lute contra as bactérias contidas nesses próprios aminoácidos. Dessa forma, o organismo precisa gastar mais energia para combater os agentes estranhos. “Infelizmente, eliminar por completo a lecitina da alimentação é quase impossível, pois são encontradas em produtos básicos como grãos de trigo, tomate e batata. Mas evitar as goji berries já é um bom começo”, indica o especialista.
 
Para ganhar energia
Como nem tudo pode estar do lado obscuro da força, pesquisas descobriram o poder dos polifenóis – substâncias encontradas em alimentos de casca e polpa escuras -, capazes de dar energia, acelerar o metabolismo, queimar gordura e reinstaurar a resistência e vitalidade física, sem provocar taquicardia ou choques como outros produtos energéticos.

Frutas como romã, blueberry e amora são riquíssimas em polifenóis, porém mesmo quando encontramos esses itens no supermercado, costumam ser caros.

Uma alternativa pode ser o consumo de extratos concentrados desses alimentos, presentes em produtos como o suplemento Vital 4K, rico em polifenóis e voltado ao público acima dos 30 anos que apresenta sinais de fadiga e cansaço crônico, com ou sem a realização de atividades físicas.

Comente

Leia também

Baruck
ANHAGUERA
LAB
PET
TUCCA
PLAY GAMES

Mais lidas

OFERTA VIVIAN 2
OFERTA VIVIAN 1
GLOBAL_MOBILE
CARRETÃO - Qualidade Dose Dupla