UmuaramaSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.23º38º
|

Saúde

Outubro Rosa alerta para o diagnóstico do câncer de mama

O Bemdito 3 de outubro de 2018 19h49

Todos os anos, outubro ganha um tom especial em nome da prevenção e conscientização sobre o câncer de mama. A campanha mundial, chamada de Outubro Rosa, surgiu nos Estados Unidos, na década de 90, e tem como principal objetivo chamar a atenção de mulheres, homens e entidades governamentais para o diagnóstico precoce dessa doença. No Brasil, segundo dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer), mais de 60 mil novos casos podem ser diagnosticados até 2019.

Diante desses números, é importante que as pessoas estejam atentas aos principais sinais da doença. "Os sintomas do câncer de mama palpável são nódulo ou tumor no seio, acompanhado ou não de dor mamária. Podem também surgir algumas alterações na pele que recobre a mama como abaulamentos ou retrações ou, ainda, um aspecto semelhante a uma casca de laranja. Além disso, podem surgir também nódulos palpáveis na região da axila", enumera o médico oncologista e mastologista do Hospital Uopeccan, Dr. Emerson Soares.

Os maiores fatores de risco para o surgimento do câncer de mama são histórico familiar, idade, menarca precoce (idade da primeira menstruação), menopausa tardia (instalada após os 50 anos de idade), ocorrência da primeira gravidez após os 30 anos de idade e nuliparidade (não ter tido filhos). "É importante que as mulheres estejam atentas e sempre procurem manter os exames preventivos em dia", aconselha a gerente de serviços de saúde da Uopeccan, Gladys Rodrigues.

Campanha

Durante o mês de outubro, as duas unidades do Hospital Uopeccan estarão envolvidas com diversas ações alusivas ao outubro rosa. Em Cascavel e Umuarama, as legionárias da legião feminina de combate ao câncer estarão reforçando a distribuição de lenços, perucas e de "almofadas coração", que ajudam a promover maior conforto às mulheres que passaram pela mastectomia total ou parcial das mamas. "Para ter acesso a isso, as nossas pacientes podem ir até o Núcleo Solidário em Cascavel ou até a sala da LFCC em Umuarama e atualizar o cadastro. Aí elas já podem usufruir dos itens, que também foram doados pela comunidade", indica a gerente de assuntos institucionais da Uopeccan, Kelyn Aires.

Além disso, palestras serão realizadas em toda a região Oeste e Noroeste, pelos relações públicas do Hospital, com participações esporádicas de médicos, residentes, enfermeiros e demais membros das equipes multiprofissionais. Muitos eventos são realizados em empresas que apoiam a campanha e promovem o outubro rosa para os seus colaboradores. "O agendamento dessas palestras é gratuito. Nosso Hospital oferece essa ação sem custo algum e para agendar é só entrar em contato com o Centro de Estudos de Cascavel, pelo telefone (45) 2101-7410 ou com a Neusa, em Umuarama, pelo (44) 2031-0783", explica Kelyn.

Diagnóstico precoce

É comum associarmos o câncer de mama ao autoexame. Caso a mulher "se toque" e perceba algo diferente, é preciso recorrer ao exame clínico da mama e a mamografia, que é uma radiografia da mama que permite a detecção precoce do câncer. "Esse é o exame mais eficaz na descoberta de lesões em fases iniciais", pontua Gladys. No Hospital Uopeccan, a mamografia é feita pelo SUS para mulheres a partir dos 40 anos de idade. O agendamento pode ser feito diretamente nos Centros de Diagnósticos por Imagem do Hospital ou em ações promovidas pela instituição em parceria com a LFCC (Legião Feminina de Combate ao Câncer). Os telefones para agendamento são (45) 2101-7015 em Cascavel e (44) 2031-0754 em Umuarama.

Antes dos 40 anos, no entanto, é indicado que mulheres em idade fértil e, também, pós menopausa, façam o autoexame pelo menos uma vez ao mês. O primeiro passo é a observação: confira suas mamas com os braços abaixados ao longo do seu corpo; depois disso, levante seus braços e coloque as mãos na cabeça. Verifique se acontece alguma alteração no bico ou no contorno das mamas. Repita o procedimento e coloque as mãos na cintura apertando-a.

Veja se tem qualquer tipo de mudança na região. Por fim, esprema o mamilo de forma suave e confira se sai algum tipo de secreção. De pé ou deitada, coloque a sua mão direita atrás da cabeça e depois deslize os dedos médio, indicador e anelar da mão esquerda com suavidade em movimentos circulares na mama direita. Repita o procedimento usando a mão direita para conferir a mama esquerda. A observação de mudanças na pele ou no bico, de espessamentos, nódulos, e de secreções da mama não quer dizer especificamente que há câncer na região – indica, apenas, um sinal de alerta que merece o agendamento de uma consulta médica especializada.

Comente

Leia também

SATELLITE
YAZIGI
INNOVARE
NEIDE KUMAGAI - Hipnose
REGINA

Mais lidas

NATAL PMU
OFERTA_VIVIAN 1
OFERTA_VIVIAN 2
churrascaria
GASTRO - Dr. Gilberto
PRISMA
WIZARD
ARY BABY
CASTELO_BRANCO
CARRETÃO - Qualidade Dose Dupla