Umuaramaºº
|

Colunista

A doce ilusão da Independência: Sempre precisaremos de alguém!

"Nossa existência se baseia na ajuda. Em receber ajuda e ajudar os outros". Confira a Coluna Psiquê desta quarta-feira!

Foto: Arquivo Pessoal

ANDRÉA SEFRIAN (*) O Bemdito 15 de julho de 2020 19h53

Atualmente as pessoas começaram a buscar e a valorizar muito a tal da independência. Muitos vão por esse caminho por um longo tempo, almejando independência pessoal e financeira, sempre acreditando estar na direção certa e que logo chegarão lá.

Porém, a independência é como a fonte da juventude no topo da colina e o pote de ouro na ponta do arco íris: não existe! Não há a menor chance de um ser humano deixar de precisar de outro ser humano. Nossa existência se baseia na ajuda. Em receber ajuda e ajudar os outros.

Aí você irá me perguntar: Tá, mas e as pessoas que se mantém com o próprio dinheiro e não dependem da ajuda de ninguém? Vou explicar: Ainda assim, elas dependem de bancos, de funcionários e especialmente de pessoas que ofereçam tudo o que elas querem pagando e usando seu dinheiro.

Ok, mas e as pessoas que ficam sozinhas e se bastam sem a companhia de um relacionamento?

Mesmo que isso seja verdade, o que eu duvido, elas ainda dependem de amizade, laços familiares, de um emprego, de um propósito.

Não importa se você vive com seu próprio dinheiro hoje, um dia você pode sair para almoçar e esquecer a carteira, ou ser roubado. Não importa que você não queira se casar, ninguém vive bem sozinho sem a companhia de outro ser humano, seja um amigo ou família.

Podemos perceber isso se olharmos para as pessoas famosas, bem sucedidas, (que chegaram onde pouquíssimos foram, conquistaram uma liberdade acima da média), e analisarmos quantas delas adoecem, se deprimem e perdem o sentido.

Não estou aqui incentivando que paremos de buscar crescer financeiramente ou deixemos de gostar da nossa própria companhia. O que precisamos entender e aceitar é quede uma maneira, ou de outra, sempre dependeremos de alguém.

Reconhecer e assumir essa verdade é assustador. O segredo está em perceber que isso não nos torna fracos ou coitados. Só nos torna humanos.  E o que nos faz grandes é justamente o que compartilhamos com todos os outros seres humanos.

_________________________________________________________________________________________________

(*) Andréa Sefrian (CRP08/12599) é Psicóloga Especializada em Gestão Estratégica de Pessoas pela PUC-PR, atua há 10 anos como psicóloga clínica ( CLINIMED ), além de ser palestrante e prestar consultorias e treinamentos em instituições e empresas,  conciliando com o trabalho de Psicóloga do CRAS do Município de Xambrê, concursada há mais de 6 anos. Apaixonada pelo ser humano, acredita que sua missão de vida é trabalhar ouvindo histórias e construindo possibilidades de esperanças.

Comente

Leia também

Ks motos
Casa do encanador
MORENA
SE LIGA DESKTOP
LAB
AUTENTIC

Mais lidas

Obemdito anuncie
CASA DO ESPETINHO DESKTOP
TUCCA
Glamour Cosméticos
JOÃO CELÓIA DESKTOP
RF Desktop
AGRO_E_PET_FAZENDAO
CASA TOESCA