UmuaramaSol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.10º25º
|

Colunista

Esse poderia ser mais um texto sobre partidas... Mas hoje escolhi falar sobre quem fica!

"Por que ficar falando tanto sobre algo que já se encerrou, e não virar a página e começar a escrever algo novo?", confira na Coluna Psiquê

Foto: Arquivo OBemdito

ANDRÉA SEFRIAN (*) O Bemdito 15 de abril de 2020 12h40

Hoje em dia ouve-se tanto falar em questões como: Como faz para gente superar? Como faz para esquecer alguém que um dia a gente amou e todas essas coisas que partem a gente de alguma maneira. Então percebi: por que ficar falando tanto sobre algo que já se encerrou, e não virar a página e começar a escrever algo novo?

Algo sobre como é tocar o nosso corpo e perceber que apesar das marcas que algo deixou, a gente consegue seguir de outra maneira bonita também. Algo sobre nosso próprio amor, sobre como é seguir um caminho com nossos próprios pés... Para falar de mim, de você...e não de quem já foi! É para falar do que fica quando todo mundo vai embora.

Porque isso é o que mais importa no final das contas, é sobre o nosso processo de preencher os espaços que ficaram vazios, sobre resistir a saudade que machuca, sobre dar as mãos para gente e olhar para frente, porque é lá que estão as novas possibilidades.

É sobre se permitir mudar de casa, sair do casulo, procurar voar em outros terrenos e morar em outros abraços, sem esquecer é claro, que o nosso é o mais importante de todos.

É um texto para lembrar eu e você, que a gente precisa lembrar da gente, para lembrar que você precisa ficar com você, que o fim não destrói o seu abrigo, e o seu peito não se perde do amor, por ter perdido alguém.

Você vai aprender a ressignificar as coisas, as lembranças, o amor, e vai se transformar com todo o processo, e vai começar a sentir orgulho da sua própria presença.

Às vezes você só precisa de um tempo para respirar, para colocar as coisas no lugar, se acolher e entender que você não deve se culpar por coisas que não dependiam só de você. Tempo para compreender que você precisa de você mais do que qualquer outra pessoa, que o seu amor só vai ter valor para os outros, quando você for a sua primeira prioridade.

Entenda! Você é a única pessoa com capacidade para organizar a sua bagunça, de dar o amor que você realmente merece. Só você vai conseguir se acolher da melhor maneira, e só você pode recomeçar o próprio caminho.

Grave isto: Você só vai se sentir rejeitado por alguém, se a rejeição for uma verdade na tua vida, pois você mesmo vive se rejeitando. Você só vai se sentir insuficiente, se você não souber ser suficiente para si. Você só vai achar que não merece afeto, se você não entender que o afeto mais poderoso e renovador que você precisa, você já tem, só precisa encontra-lo dentro de si.

Então comece olhando para si mesmo com mais respeito e cuidado diante das suas quedas, estenda suas mãos para você em vez de esperar que façam isso por você. Recomece diante do caos, porque ninguém vai parar para recomeçar por você, e a única pessoa preparada para te fazer sorrir de novo, advinha?

_________________________________________________________________________________________________

(*) Andréa Sefrian (CRP08/12599) é Psicóloga Especializada em Gestão Estratégica de Pessoas pela PUC-PR, atua há 10 anos como psicóloga clínica ( CLINIMED ), além de ser palestrante e prestar consultorias e treinamentos em instituições e empresas,  conciliando com o trabalho de Psicóloga do CRAS do Município de Xambrê, concursada há mais de 6 anos. Apaixonada pelo ser humano, acredita que sua missão de vida é trabalhar ouvindo histórias e construindo possibilidades de esperanças. 

 

 

Comente

Leia também

LAB
PATRICIA DESPACHANTE
MORENA
AUTENTIC
PREFEITURA UMUARAMA

Mais lidas

AGRO_E_PET_FAZENDAO
SUCULENTA