UmuaramaSol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.22º27º
|

Colunista

Sobre Liberar... Deixe ir quem e o que não está sob seu controle!!!

"Dê um passo atrás, olhe com respeito e amor, para todo esse processo". Confira a Coluna Psiquê desta semana!

ANDRÉA SEFRIAN (*) O Bemdito 25 de novembro de 2020 19h15

Quantas vezes você já investiu sua energia naquilo que não é de seu controle?

Quantas vezes você já se frustrou, se machucou e se desgastou por situações que não dependiam de você?

Quantas vezes você se cobrou por aquilo que sequer você poderia fazer algo?

A gente tem que saber lutar. Ir atrás. Querer fazer diferente. Mas sabe, nós precisamos também reconhecer o nosso limite, nossa impotência e nossa vulnerabilidade, naturalmente, presente em várias situações.

Se você já fez de tudo, já tentou de várias formas e jeitos, já inclusive mudou muita coisa, se flexibilizou e conseguiu ser mais empático(a) com quem está aí do seu lado... Teve humildade, vontade e muita determinação durante todo esse tempo, mas o resultado não foi o que tanto queria?!

Dê um passo atrás, olhe com respeito e amor, para todo esse processo.

É preciso aprender a soltar o controle para se permitir receber novas oportunidades!

Por vezes, nos sabotamos, pois é muito difícil abrir mão daquilo que a gente gosta, não conseguimos abrir mão daquilo que a gente pensa que é dono, porém isto é um apego num pensamento neurótico, pois é impossível ser dono de pessoas ou situações.                          

Deus um dos maiores educadores que já existiu, nos ensina como Pai, que desde o princípio não teremos tudo na hora que quisermos e conforme nossa vontade. É necessário aprender aceitar, esperar sem interromper o fluxo natural e o tempo das coisas.

Em outras palavras é necessário aprender a mudar o foco da ansiedade, para se voltar a ter paz, sem tantas expectativas... Voltar a confiar em si e no seu crescimento e desenvolvimento enquanto pessoa. É necessário entender e aceitar que existe um processo, e muitas vezes tentar apressá-lo não resolve, só prejudica mais ainda.

Respire. Chore, se sentir vontade!

Fique puto(a) de raiva com ela(e), com o mundo, ou quem quiser, mas reconheça que não há mais o que fazer, se não respeitar e acolher o fato de que você não tem o controle de toda essa situação, e se possível, olhe a tristeza nos olhos com sinceridade e sorria para você mesmo(a). Ela te fará ainda mais forte. Ela te levará para um lugar de transformação.

 

_________________________________________________________________________________________________

(*) Andréa Sefrian (CRP08/12599) é Psicóloga Especializada em Gestão Estratégica de Pessoas pela PUC-PR, atua há 10 anos como psicóloga clínica ( CLINIMED ), além de ser palestrante e prestar consultorias e treinamentos em instituições e empresas,  conciliando com o trabalho de Psicóloga do CRAS do Município de Xambrê, concursada há mais de 6 anos. Apaixonada pelo ser humano, acredita que sua missão de vida é trabalhar ouvindo histórias e construindo possibilidades de esperanças.

              

Comente

Leia também

LABMAX PC
ADVENTISTA 2 MESES
RADCENTER 6 MESES

Mais lidas

SENAC PC - 30D
SEXSHOP PC - 30D
PANVEL
TUCCA