UmuaramaSol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.22º27º
|

Polícia

Bombeiros encontram corpo de garoto que se afogou no domingo no litoral

No domingo, ao serem acionados, de imediato o Guarda-vidas entrou na água para retirar uma vítima feminina que saiu ilesa

Foto: Divulgação/Bombeiros Militares

O Bemdito 12 de janeiro de 2021 12h12

O Corpo de Bombeiros estava em buscas em Pontal do Paraná, desde às 11h deste domingo (10), por um adolescente, de 13 anos, que teria se afogado próximo ao trapiche, numa área de entreposto (faixa não protegida por Posto de Guarda-Vidas). O helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) esteve no apoio, e embarcações dos bombeiros fizeram a varredura no mar à procura de algum sinal da vítima.

As informações preliminares da oficial de comunicação do Corpo de Bombeiros, tenente Ana Paula Inácio de Oliveira Zanlorenzzi, o menino morava em Curitiba e estava no Litoral para passar o domingo. O afogamento teria ocorrido por volta de 11 horas, e assim que os bombeiros foram acionados, as buscas iniciaram. Além de buscas com aeronave e embarcações, o Corpo de Bombeiros contou com equipes de mergulho.

No domingo, ao serem acionados, de imediato o Guarda-vidas entrou na água para retirar uma vítima feminina (que saiu ilesa) e, posteriormente, foi informado de que havia uma criança (filho da mulher resgatada) no mar, que havia submergido rapidamente. Retornou à água e já com o acionamento do Posto de Guarda-Vidas próximo ao local, e reforço de efetivo, foram iniciadas as buscas à vítima masculina, de 13 anos.

No início daquela noite, por protocolo, as buscas foram suspensas e retomadas na manhã dessa segunda-feira (11), com equipes do Corpo de Bombeiros atuando nas buscas tanto em profundidade (com mergulhadores fazendo uso de equipamentos) quanto de superfície, com o emprego de embarcações de salvamento (moto aquática e bote inflável) e aeronave do BPMOA. As buscas foram retomas na manhã desta segunda-feira.

Guarda-Vidas militares e civis atuaram nas buscas tanto na água quanto na areia. Foram empregadas as técnicas de mergulho livre, mergulho com equipamentos, busca de superfície por embarcações (moto aquática de salvamento e bote inflável de salvamento) e busca aérea pela aeronave do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA).

O Corpo de Bombeiros reforça que as pessoas devem evitar tomar banho de mar em áreas que não contam com Postos Guarda-Vidas. Os locais mais seguros são os indicados pelas bandeiras ou windbanners vermelho e amarelo. Para saber a localização dos Postos e mais orientações, as pessoas podem baixar gratuitamente o aplicativo do Corpo de Bombeiros.

(Assessoria) 

Comente

Leia também

RADCENTER 6 MESES
ADVENTISTA 2 MESES
LABMAX PC

Mais lidas

SENAC PC - 30D
SEXSHOP PC - 30D
PANVEL
TUCCA