UmuaramaSol com algumas nuvens. Não chove.19º32º
|

Polícia

Família de paranaense morta na França tenta levantar dinheiro para translado do corpo

O principal suspeito de ter assassinado a jovem é o marido dela

Foto: Reprodução Redes Sociais

REDAÇÃO O Bemdito 29 de setembro de 2020 18h55

A família da brasileira Franciele Alves da Silva, 29, morta a facadas na França, está tentando levantar o dinheiro necessário para trazer o corpo da vítima para Paiçandu, onde ela morava antes de mudar para Europa.

Ela morava há dois anos Champigny-sur-Marne, cidade nos arredores de Paris. O principal suspeito do crime é Rodrigo Martin, 27, marido da vítima, que está preso desde o último dia 26.

Franciele foi encontrada morta em casa na última sexta (25). Ela era mãe de dois meninos de 2 e 4 anos.

O caso está sendo acompanhado por uma ONG chamada Mulheres na Resistência, que em entrevista ao GMConline afirmou que a Franciele foi vítima de feminicídio e que vivia em um ciclo de violência.

Veja como ajudar a família:

Comente

Leia também

ADVENTISTA
LAB

Mais lidas

PANVEL
TUCCA
VENEZA
FAZENDÃO MEGA OFERTA
GLOBAL
WHYSKRITORIO