UmuaramaSol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.20º28º
|

Polícia

Jovem bailarina de Maringá é encontrada morta em Mandaguari

Há sinais de violência sexual e Maria Glória aparentemente foi morta por estrangulamento

Foto: Reprodução

O Bemdito 27 de janeiro de 2020 11h51

A maringaense Maria Glória Poltronieri Borges, de 25 anos, foi encontrada morta no início da tarde de domingo (26) em uma propriedade particular que fica às margens da rodovia PR-444, na cidade de Mandaguari. De acordo com informações, a própria mãe e a irmã de Maria encontraram o corpo da jovem na área de acampamento, em uma cachoeira.

O corpo apresenta sinais de violência sexual. Maria Glória foi morta por estrangulamento. De acordo com o site de André Almenara, a reportagem apurou que a jovem saiu de Maringá para passar o fim de semana acampada com um grupo de amigos. Maria teria feito um convite para que a mãe e irmã fossem almoçar no domingo.

Ao chegar na propriedade, a família ligava para o aparelho celular que estava dando desligado. A dona do local disse que não havia visto Maria Glória. A irmã que já conhece o lugar foi fazer uma trilha em busca de localizar a irmã. No trajeto Maria Glória foi encontrada próximo de uma cachoeira.

Autoridades policiais de Maringá foram acionadas juntamente com perito e Instituto Médico Legal. O corpo de Maria Glória foi encaminhado após uma perícia que foi superficial. O exame cadavérico deve apontar se houve abuso sexual.

Maria Glória é filha de Daisa Poltronieri e Maurício Borges. A mãe da vítima é proprietária de uma academia de ballet em Maringá. A jovem é natural de Maringá e atuava profissionalmente na dança desde 2008 onde ingressou na Cia Pavilhão D (São Paulo-SP).

(Informações: André Almenara)

Comente

Leia também

MORENA
LAB

Mais lidas

TUCCA
RDR
ANHAGUERA
SUCULENTA
BELLA