UmuaramaSol com algumas nuvens. Não chove.17º28º
|

Polícia

Polícia Civil prende acusados de homicídios e apreende R$ 45 mil durante operação Halloween

Presos foram encaminhados para a cadeia de Umuarama nesta manhã

Foto: Ricardo Trindade/ OBemdito

O Bemdito 31 de outubro de 2019 08h54

Na manhã desta quinta-feira (31), a Polícia Civil (PC) deflagrou a Operação Halloween, que contou com a participação de 50 policiais civis de Umuarama, Campo Mourão, Cianorte, Paranavaí, Denarc de Maringá, Grupamento de Operações Aéreas (GOA) da Polícia Civil do Paraná, além do emprego de 15 viaturas e uma aeronave.

A operação foi realizada para dar cumprimento a cinco mandados de prisão e a 13 mandados de busca e apreensão relacionados aos crimes de homicídio e tráfico de drogas praticados na comarca de Umuarama.

PRIMEIRO DE MAIO

Dois mandados de prisão temporária foram cumpridos, respectivamente, em desfavor de J.A.S (35 anos) e C.R.M (39 anos), suspeitos de praticar o crime de homicídio qualificado contra a vítima Jeferson dos Santos (37 anos), no dia 18 de abril deste ano, no bairro 1º de Maio.

Os presos são, respectivamente, um ex-funcionário e a própria esposa da vítima. Suspeita-se que ambos tenham planejado e executado o crime com objetivo de se apropriar do patrimônio de Santos. Segundo o apurado, a vítima foi executada enquanto dormia.

Ainda em relação a este caso, foi cumprido um mandado de busca e apreensão na residência de D.C.S (52 anos), onde foram encontrados três aparelhos celulares, sendo um deles utilizado pelos criminosos para ameaçar testemunhas e até mesmo policiais civis.

JARDIM COLIBRI

Um mandado de prisão preventiva foi expedido em desfavor de Renato de Souza Silva (34 anos), suspeito de praticar o crime de feminicídio em desfavor da vítima Tais Puquer Miranda (20 anos), no dia 13 de setembro, no bairro Jardim Colibri, mediante um disparo de arma de fogo calibre 9mm na região da boca da vítima.

Logo após o crime o suspeito compareceu na Delegacia e afirmou que o disparo foi acidental. Contudo, segundo a polícia, as investigações revelaram que a vítima estava tentando se separar do autor, mas ele não aceitava o término do relacionamento.


“Apurou-se que a vítima planejava fugir de casa escondida do companheiro por medo da sua reação com o término. Acredita-se que o suspeito descobriu a intenção da vítima em fugir e veio a executá-la”, informou a PC em nota.

Ainda sobre este crime, foram cumpridos um mandado de busca e apreensão contra o autor e dois mandados de busca e apreensão em desfavor de L.M.E.S (34 anos), um no seu endereço residencial e outro eu seu endereço comercial.

Na residência foi localizado a quantia de R$ 45 mil em espécie, cuja procedência está sendo apurada, além de um veículo Fiesta com sinais de identificação aparentemente adulterado.

ESTRADA AMARELA

Um mandado de prisão temporária foi cumprido contra C.M.S (37 anos), suspeito de praticar o homicídio qualificado em desfavor da vítima Eduardo Gonçalves Bombardi (37 anos), no dia 20 de setembro, na Estrada Amarela. Conforme o apurado, pela PC o crime foi praticado por motivo passional, já que o suspeito descobriu que sua companheira mantinha um relacionamento amoroso com a vítima. Em razão disso, o suspeito organizou uma emboscada e executou o crime na Estrada Amarela. A PC acha que outras pessoas estejam envolvidas na ação criminosa.

Na mesma investigação, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão contra o autor do crime e um mandado de busca e apreensão contra A.S.O (52 anos), onde foram encontradas uma carabina calibre .22, quinze munições calibre .22, dezoito munições calibre 9 mm e um coldre. O suspeito será autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo.

TRÁFICO DE DROGAS

Os demais mandados de busca e apreensão foram cumpridos em possíveis pontos de comercialização de drogas resultando na apreensão de 4 gramas de maconha, cumprimento de um mandado de prisão por regressão de regime em desfavor de C.O.A (33anos); e, por fim, a apreensão de 10 aparelhos celulares.

Os nomes dos envolvidos não foram divulgados pela Polícia Civil.

Comente

Leia também

MORENA
LAB

Mais lidas

RDR
TUCCA
ANHAGUERA
SUCULENTA
BELLA