UmuaramaSol com algumas nuvens. Não chove.19º30º
|

Umuarama

Cães farejadores são usados em buscas por homem desaparecido em Umuarama

Manoel Cassemiro da Cruz tem Alzheimer e está desparecido desde segunda-feira. Família está angustiada em busca de informações

Foto: Ricardo Trindade/ OBemdito

REDAÇÃO O Bemdito 23 de janeiro de 2020 15h20

As buscas dos bombeiros pelo homem que está desaparecido em Umuarama continuam na tarde desta quinta-feira (23), nas imediações do Parque Dom Bosco. Pela manhã e no início da tarde eles procuraram por Manoel Cassemiro da Cruz, 71, na região de uma mata que fica próxima a um pesqueiro. Policiais militares e cães farejadores também participaram da ação, mas até o momento, o homem não foi encontrado.

“Vamos agora fazer uma busca do outro da mata que tem aqui. A dificuldade é que não temos muitas informações. Se não encontrarmos hoje, encarremos as buscas até que outras informações concretas sejam repassadas”, destaca o tenente Mazzini, do Corpo de Bombeiros.

Cinco bombeiros, dois policiais militar e dois cães realizaram as buscas. A filha de Manoel, acompanhou de perto o trabalho e fala da angústia que a família está sentindo. “Eu quero o meu pai de volta, ele está sem remédios, sem comida, tenho certeza que está me esperando. Enquanto eu não encontrar, não vou descansar”, diz Cleusa.

Uma moradora da rua Dom Patrício conta que viu o senhor Manoel na segunda-feira (20) por volta das 18h30. Segundo a mulher, ele estava procurando o Jardim São Nascente. “Ele estava muito nervoso, perguntou do Sol Nascente, eu expliquei, ele disse que não queria ir pelo caminho indicado e foi em direção ao pesqueiro. No outro dia fiquei sabendo que ele estava desaparecido”, conta Rosângela Moreira.

Conforme Cleusa, a versão da mulher se sustenta pelas características que ela conta do pai. Por isso as buscas se concentraram no parque Dom Bosco. Ela também recebeu outras informações, mas nenhuma concreta. “Várias pessoas me ligam e dizem que viram meu pai. Começo a perguntar e as informações não batem. Até averiguo depois, mas não confio muito Pessoas até de Curitiba já me ligaram”, acrescenta Cleusa.

Manoel está desaparecido desde segunda-feira. Ele tem Alzheimer e toma remédios controlados. A família pede para as pessoas, que tiverem informações sobre o paradeiro do idoso, entrarem em contato pelo telefone (44) 991665150. Quando foi visto pela última vez, o idoso vestia uma bermuda jeans e uma camiseta azul.




 

Comente

Leia também

JOSIANE
cenaic
SENAC_2
MORENA

Mais lidas

ADAMANTINA
Lançoni
SWEET COLORS
TUCCA
RDR
ANHAGUERA
SENAC
AGRO