UmuaramaSol com algumas nuvens. Não chove.22º38º
|

Umuarama

Cursos da UEM Umuarama e Maringá tiveram conceito máximo no Enade

Arquitetura e Urbanismo, Agronomia, Medicina e Engenharia Civil do câmpus de Maringá e de Umuarama foram as graduações com melhor desempenho

Foto: Assessoria UEM

ASSESSORIA UEM O Bemdito 28 de outubro de 2020 19h25

Cinco cursos de graduação da UEM alcançaram o conceito máximo no Enade, de acordo com dados divulgados, na última terça-feira (20), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão ligado ao MEC.

O conceito foi calculado com base no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) em 2019. Arquitetura e Urbanismo, Agronomia, Medicina e os dois cursos de Engenharia Civil, oferecidos nos câmpus de Maringá e de Umuarama, obtiveram o conceito 5, em uma escala que varia de 1 a 5.

Vale destacar a boa atuação destes cursos nos cenários nacional e estadual, considerando que desempenho no Exame é indicado pelos diferentes intervalos de notas possíveis dentro da escala de conceitos. Assim, mesmo dento do conceito máximo, o desempenho no Exame melhora a medida que as notas alcançadas aumentam.

Engenharia Civil de Maringá, por exemplo, obteve a quarta melhor nota entre as instituições de ensino superior de todo o país e segunda no estado, onde ficou atrás apenas da Universidade Federal do Paraná, Câmpus Pontal do Paraná. Entre as estaduais de todo o Brasil, o curso da UEM foi o que obteve a melhor nota.

Arquitetura e Urbanismo aparece entre os dez cursos mais bem avaliados do Brasil. Considerando apenas as universidades públicas estaduais a graduação alcançou a terceira melhor nota no cenário nacional, logo depois da Unicamp e Unesp, e a primeira no Paraná.

Outro curso que obteve a melhor nota no Exame entre todas as Instituições de Ensino Superior do Paraná é Medicina, que na avaliação geral aparece como a 11ª graduação do Brasil. No rol das universidades estaduais, Medicina da UEM é a terceira do país.

O curso de Agronomia alcançou a quinta melhor nota entre as IES do Paraná. No Brasil ficou em 18º lugar. E o curso de Engenharia Civil, do câmpus de Umuarama, obteve a quarta melhor nota entre as estaduais do Paraná e a 31ª entre todas as IES do país.

Boas avaliações

Além destas cinco graduações, nesta edição do Enade a UEM teve doze cursos que alcançaram o conceito 4 e sete o conceito 3, totalizando 24 cursos avaliados. Os 859 alunos que fizeram a prova foram os concluintes do bacharelado em engenharia, arquitetura e urbanismo, ciências agrárias, ciências da saúde e áreas afins.

A pró-reitora de Ensino, Alexandra de Oliveira Abdala Cousin, parabeniza os cursos que participaram do Enade dizendo que todos alcançaram ótimos resultados. Ela comenta que a UEM não obteve nenhuma nota abaixo de 3, lembrando que os conceitos 2 e 1 podem implicar em avaliação externa, com o risco de não renovação do reconhecimento do curso.

Na opinião da pró-reitora, esses resultados dão mostras da valorização no ensino de graduação, que é essencial para “promover o equilíbrio no tripé ensino, pesquisa e extensão, que são os pilares da Universidade”.

CPC

Ao lado de variáveis como infraestrutura e qualificação do corpo docente, o Conceito Enade é usado na composição do CPC (Conceito Preliminar de Curso), indicador que avalia a qualidade de cada curso de graduação, e do IGC (Índice Geral de Cursos), que é o indicador que avalia a instituição.

Consulta

O Inep disponibiliza a consulta pública do relatório de cursos e instituições. Para consultar acesse este link.

 

Comente

Leia também

ADVENTISTA 2 MESES
BR FIN
CENAIC
RADCENTER 6 MESES

Mais lidas

MARIA SORVETE
PANVEL
Uninter
CINTI 90D
GLOBAL
LOG 30 DIAS