UmuaramaSol com algumas nuvens. Não chove.19º35º
|

Umuarama

"Meu nome é Lilica. Sou dócil, fui abandonada e procuro um lar"

Lilica é uma cachorrinha que está há dois anos e meio no canil da Saau
Lilica é uma cachorrinha que está há dois anos e meio no canil da Saau
Foto: Myka Fotografia

REDAÇÃO O Bemdito 6 de maio de 2017 09h06

Teve início nesta semana uma campanha diferenciada, com intuito de sensibilizar os umuaramenses para a adoção de animais abandonados. A iniciativa é uma parceria da Sociedade de Amparo aos Animais de Umuarama (Saau) e a fotógrafa Divye Mykaella Carbonera, a Myka.

O trabalho consiste na divulgação de fotografias de alguns dos animais abrigados no canil da Saau, feitas por uma profissional, no caso Myka. A jovem está temporariamente na Capital da Amizade e de forma voluntária procurou a entidade. Ela desenvolveu o mesmo trabalho com algumas ONGs de animais no Rio de Janeiro, onde residiu.

Myka nasceu em Umuarama, mas há vários anos mora em outras cidades e países. Ela diz que a vontade de fotografar surgiu após comprar uma máquina, mas o amor animais é antigo. Ela juntou as duas paixões e se especializou em fotografar os pets. Para isso, procurou dicas na internet, mas ao longo de um ano criou suas próprias técnicas para conseguir fazer com que os bichinhos façam as poses que ela precisa para os ensaios.

Lilica estrela as primeiras fotos da campanha, que tem intuito de promover a adoção de animais em Umuarama

As primeiras fotos feitas em Umuarama foram divulgadas na noite de quinta-feira (04) e são da cachorrinha Lilica, que está há dois anos e meio no canil após ter sido abandonada. Na descrição das fotos, foram colocadas algumas características de Lilica, como o fato de ser dócil e preguiçosa. E ainda a solicitação para que pessoas interessadas visitem a Saau e conheçam os animais.

O trabalho surtiu um bom resultado. Dezenas de pessoas curtiram e compartilharam a postagem na rede social Facebook. Muitos também se dispuseram a adotar Lilica. “As fotos ajudam muito na adoção”, afirma Myka, que já teve este tipo de experiência no Rio de Janeiro.

Márcia Biasuz, vice-presidente da Saau, que também atua de forma voluntária, diz que várias fotografias de animais da entidade serão divulgadas nos próximos dias. A estratégia é justamente promover a adoção de animais que são cuidados na Saau. “As fotos feitas por um profissional ficam bem mais apresentáveis. Imagino que se tivéssemos feito no canil, poucos teriam se prontificado a adotar”, comenta.

Myka conta que este cachorro é paralítico e estava em um abrigo no Rio de Janeiro. Após o ensaio fotográfico ele foi adotado

Profissão

Myka atua profissionalmente fazendo fotos de animais. Ela diz que permanecerá em Umuarama até o final do mês. As pessoas interessadas em fazer ensaios fotográficos com pets podem entrar em contato com ela através do telefone (21) 96934-6672.

Também é possível acompanhar o trabalho da fotógrafa através das redes sociais. No Instagram basta procurar pelo perfil @mykafotografia e para acessar a página no Facebook CLIQUE AQUI.

Para visitar a página da Saau CLIQUE AQUI.

Confira mais alguns cliques de Myka:

Comente

Leia também

RADCENTER 6 MESES
BR FIN
ADVENTISTA 2 MESES
CENAIC

Mais lidas

UNIALFA
Uninter
MARIA SORVETE
PANVEL
LOG 30 DIAS
GLOBAL
CINTI 90D