UmuaramaSol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.10º25º
|

Umuarama

Prefeito divulgará decreto com normas para retomada de cultos religiosos

Fato acontece após o Governo do Estado publicar resolução com normas para que as igrejas voltem a receber fieis

Foto: Ricardo Trindade/ OBemdito

REDAÇÃO OBEMDITO/AEN O Bemdito 22 de maio de 2020 11h52

A Prefeitura de Umuarama divulgou uma nota informando que na tarde desta sexta-feira (22) deve ser publicado um novo decreto com normas para que as igrejas voltem a receber fieis. Os cultos religiosos estão suspensos na Capital da Amizade em virtude dos cuidados relacionados com a transmissão do novo coronavírus.

No entanto, no final da tarde de quinta-feira (21) o Governo do Paraná divulgou uma resolução com regras para que as igrejas voltem a ter encontros presenciais.

Confira a nota da Prefeitura:

CULTOS RELIGIOSOS

Diante da decisão do governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, que publicou resolução estabelecendo condições para que as igrejas voltem a receber público a partir desta sexta-feira (22), a Prefeitura de Umuarama informa que o prefeito Celso Pozzobom deverá divulgar na tarde desta sexta-feira, 22, decreto com definições sobre a realização de cultos religiosos na cidade.

Resolução estadual

A Secretaria de Estado da Saúde (SESA) publicou na quinta-feira uma resolução que estabelece as condições necessárias para que as igrejas voltem a receber público a partir desta sexta-feira (22). A medida, elaborada pelo Centro de Operações em Emergências (COE), cria normas rígidas para o funcionamento das atividades em templos e igrejas.

As entidades religiosas precisam seguir um protocolo com 34 artigos, com normativas que poderão ser revistas a qualquer momento. Os critérios adotados são objetivos, técnicos e científicos e levam em consideração a transmissão comunitária, a situação epidemiológica do coronavírus e a possibilidade de saturação do sistema hospitalar no Paraná.

Entre as medidas, as igrejas precisam respeitar as orientações para preservação do afastamento físico entre as pessoas. De acordo com a resolução, no espaço destinado ao público deve ser observada a ocupação máxima de 30%, garantido o afastamento mínimo de dois metros entre as pessoas.

Durante as celebrações devem ser disponibilizadas preferencialmente cadeiras e bancos de uso individualizado, em quantidade compatível com o número máximo de participantes autorizados para o local.

No caso do uso de bancos coletivos, o móvel precisará ser reorganizado e demarcado, de forma a garantir que as pessoas se acomodem nos locais indicados e mantenham o afastamento mínimo de dois metros umas das outras.

Ainda segundo a normativa, as celebrações religiosas precisam evitar práticas de aproximação entre as pessoas e outras formas de contato físico, como dar as mãos, beijos, abraços, apertos de mãos, entre outros. Os elementos de ritos religiosos também devem ser entregues na mão do fiel, e não na boca.

Confira mais detalhes aqui.

Comente

Leia também

PATRICIA DESPACHANTE
LAB
AUTENTIC
PREFEITURA UMUARAMA
MORENA

Mais lidas

AGRO_E_PET_FAZENDAO
SUCULENTA