UmuaramaDia de sol com aumento de nuvens a partir da tarde. Não chove.20º
|

Umuarama

Procon de Umuarama instaurou mais de 50 processos referentes à pandemia

São situações de aumento de preço sem justa causa, corte de energia elétrica, entre outros

Foto: Assessoria PMU/Imagem ilustrativa

ASSESSORIA PMU O Bemdito 27 de maio de 2020 17h38

O Procon de Umuarama tem recebido um grande número de denúncias e reclamações desde a adoção de medidas para combate à pandemia do novo coronavírus, declarada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Desde que o prefeito Celso Pozzobom promulgou os decretos municipais com ações de enfrentamento à Covid-19, foram realizados mais de 600 atendimentos por telefone, on-line e presenciais.

“Foram 35 fiscalizações que resultaram em 31 termos de investigação, seis autos de constatação e uma medida cautelar, números contabilizados entre 20 de março e 26 de maio”, informou o secretário municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, João Paulo Souza Oliveira. “Estas ações culminaram na instauração de 14 processos administrativos para averiguar a possível prática de aumento de preço sem justa causa em produtos como álcool gel e máscaras”, disse.

Também foram instaurados 17 processos para averiguar a precificação do gás de cozinha (GLP) no município de Umuarama, que atualmente é um dos mais altos do Paraná.

Para apurar a elevação sem justa causa nos preços dos alimentos que compõem a cesta básica, o Procon Umuarama instaurou 20 processos administrativos até o momento, iniciando com mercados locais e estendendo a fiscalização para as empresas produtoras e/ou fornecedoras. Além disso, dois processos administrativos tramitam contra a Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel), questionando irregularidades em alguns cortes do fornecimento de eletricidade em residências.

“Estas são ações que buscam proteger o consumidor de nossa cidade nesse momento delicado, tanto de saúde como financeiro. Além dos canais online, o Procon de Umuarama também atende presencialmente, basta o consumidor realizar um agendamento prévio”, completou João Paulo. O contato deve ser feito pelo telefone (44) 3621-5600 ou direto órgão, que funciona na na Av. Presidente Castelo Branco, 3871 (centro), das 9h às 16h.

 

Comente

Leia também

MORENA
AUTENTIC
DUDU LANCHES
LAB
POSITIVO

Mais lidas

AGRO_E_PET_FAZENDAO
SENAC
INSTALCOM
CASTELO MULTIMARCAS
NOSSA SENHORA
CASA TOESCA