UmuaramaSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.20º30º
|

Política

Deputado do Paraná apresenta projeto para amputar mãos de políticos corruptos

A direção da Câmara devolveu no mesmo dia o projeto, alegando que ele não pode tramitar

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

BEM PARANÁ O Bemdito 11 de março de 2020 16h48

O deputado federal paranaense Boca Aberta (PROS) apresentou na segunda-feira (9) projeto que prevê a amputação das mãos de políticos condenados por corrupção. Pela proposta, a punição atingiria desde o presidente da República, passando por governadores estaduais, deputados federais, senadores, deputados estaduais e vereadores, condenados pela Justiça após trânsito em julgado, sem mais possibilidades de recursos.

Na justificativa, o parlamentar alega que “o Brasil tem o 2º maior índice de corrupção do mundo, perdendo apenas para a Nigéria”, e que “é o único país do mundo que não tem absolutamente nenhum político preso (ou apenas um) por corrupção”. Ele cita ainda que “na China, por exemplo, corrupção comprovada é punida com pena de morte ou prisão perpétua”, e que “o Irã é outro país que pune com a morte aqueles que praticam corrupção”. O deputado também cita como exemplo a Coreia do Norte, que, segundo ele, “também condena corruptores à morte”.

Invasão

Em dezembro, o Conselho de Ética da Câmara aprovou a suspensão do mandato de Boca Aberta por seis meses, por quebra de decoro parlamentar e abuso de autoridade por invadir uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Jataizinho (região Norte), constrangendo médicos e profissionais de saúde, filmando e postando vídeos nas redes sociais. O deputado recorreu à Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, que ainda não julgou o caso.

A direção da Câmara devolveu no mesmo dia o projeto, alegando que ele não pode tramitar, por “conter matéria evidentemente inconstitucional”, o que é proibido pelo regimento da Casa.

(Bem Paraná)

 

Comente

Leia também

MORENA

Mais lidas

RDR
TUCCA
SUCULENTA
ANHAGUERA
BELLA