UmuaramaSol com algumas nuvens. Não chove.15º24º
|

Paraná

Bombeiro é agredido durante atendimento a vítima de acidente

Um homem embriagado que estava vendo o atendimento agrediu o socorrista. Depois o agressor fugiu

Foto: Corujão Notícias

O Bemdito 29 de maio de 2020 18h55

Um bombeiro militar foi agredido com um soco no rosto por um curioso embriagado durante o atendimento de uma vítima grave em Maringá. O fato aconteceu na noite de quinta-feira (28). Depois de agredir o socorrista o homem fugiu.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer a vítima de uma colisão entre um ônibus e uma motocicleta no cruzamento das avenidas Carneiro Leão e 19 de Dezembro. A vítima, um homem de 51 anos, foi encaminhada ao Hospital Universitário de Maringá em estado grave.

O pedido de socorro para a colisão foi registrado na Central de Operações às 21h16. Foram encaminhadas uma ambulância do Corpo de Bombeiros e o veículo de intervenção rápida (VIR SIATE), tripulada pelo suporte avançado de vida (médico/a, enfermeiro/a, bombeiro militar condutor) em razão de ser uma vítima com graves lesões.

As guarnições visualizaram ao lado da vítima, que estava no solo, um homem andando com visíveis sinais de embriaguez verbalizando diversas frases aleatórias. Por não ser vítima, tampouco envolvido, um bombeiro responsável pela segurança do atendimento solicitou que ele se afastasse. O homem, imediatamente, proferiu palavras de baixo calão e ofensivas tanto à honra do militar estadual como à instituição Corpo de Bombeiros do Paraná.

Ainda assim, a equipe ignorou as verbalizações em razão do grave quadro da vítima, além do visível estado alcoólico em que estava o curioso. Outras pessoas presentes no local buscaram conter o bêbado.

Tão logo a vítima foi encaminhada ao interior da ambulância e era estabilizada pelo suporte avançado de vida, novamente o incansável impertinente tentou se aproximar, e foi advertido verbalmente. Ele continuou insistindo.

Outro bombeiro militar que realiza anotações de praxe, que estava próximo da viatura, pediu a ele que se mantivesse distante. Nesse momento, o homem silenciou-se, deu um passo atrás e desferiu um soco contra a face do bombeiro militar. Depois, covardemente caiu correndo.

O homem, ainda não identificado, além de atrapalhar o atendimento de uma vítima grave pelo Corpo de Bombeiros, agrediu um militar no desempenho de sua missão. Como a prioridade era a vítima, restou à equipe acionar a Polícia Militar a fim de realizar os procedimentos possíveis para identificar e encaminhar à autoridade policial o agressor.

(Informações: Maringá na Hora)

Comente

Leia também

LAB
MORENA
DUDU LANCHES
POSITIVO
AUTENTIC

Mais lidas

AGRO_E_PET_FAZENDAO
INSTALCOM
SENAC
CASTELO MULTIMARCAS
NOSSA SENHORA
CASA TOESCA