UmuaramaDia de sol com aumento de nuvens a partir da tarde. Não chove.20º
|

Paraná

Frigorífico de Cianorte afasta 800 funcionários por causa do coronavírus

São pessoas que podem ter tido contato com colegas ou conhecidos infectados. Anúncio foi feito pelo prefeito Claudemir Bongiorno, que é sócio da Avenorte

Foto: Reprodução

O Bemdito 3 de junho de 2020 11h36

A Avenorte, que emprega centenas de trabalhadores da região, em especial de Moreira Sales, Paraná do Oeste e Tunerias do Oeste, afastou cerca de 800 funcionários do seu frigorífico em Cianorte. São pessoas que podem ter tido contato com colegas ou conhecidos infectados com o coronavírus. As informações são do site Gazeta Regional.

O anúncio do afastamento dos trabalhadores foi feito pelo prefeito de Cianorte, Claudemir Bongiorno, que é um dos sócios da empresa. A decisão foi tomada depois que vários trabalhadores da Avenorte foram diagnosticados com a doença. Em Moreira Sales, por exemplo, a maioria dos pacientes é funcionário da Avenorte ou teve contato com alguém que trabalha no frigorífico.

De acordo com o Bongiorno, a Avenorte está tomando todos os cuidados necessários para que não haja propagação da doença. Ele pediu calma e disse que o afastamento de 800 trabalhadores é decorrente da preocupação da empresa em cuidar e zelar, não só pela vida daqueles que trabalham e prestam serviço para a Avenorte, mas também para com seus familiares.

O prefeito e sócio da Avenorte, disse que se for preciso tomar uma decisão mais drástica, inclusive de parar as atividades da empresa, isso será feito, mas que essa possibilidade ainda é muito remota. “A gente sabe que têm aqueles que torcem contra, que querem ver a Avenorte fechada, mas precisamos ter cautela”, disse.

Conforme Bongiorno, se a empresa parar, toda a cadeia produtiva da avicultura na região será afetada, gerando prejuízos incalculáveis para a atividade. Segundo ele, uma paralisação do abate significaria o sacrifício de milhões de aves de várias idades, além do descarte de ovos, o que configuraria uma janela de quase sete meses para recuperar a atividade, sem contar no número de empregos perdidos.

Ainda segundo o prefeito, todas as medidas necessárias para preservar os funcionários da Avenorte estão sendo tomadas, mas na opinião dele, isso ainda não é o suficiente. Ele pediu para que a população e os trabalhadores da empresa não ouçam boatos de rua. “Não ouçam boatos. Infelizmente tem gente torcendo para a Avenorte fechar. Tem gente torcendo para gente morrer na Avenorte, mas isso não vai acontecer”, desabafou.

O último boletim aponta que Cianorte está com 89 casos confirmados de coronavírus. O último boletim foi divulgado às 17h de terça-feira (2).

Confira abaixo o vídeo do prefeito Bongiorno e, na sequência, o último boletim:


(Informações: Gazeta Regional)

 

Comente

Leia também

MORENA
AUTENTIC
DUDU LANCHES
POSITIVO
LAB

Mais lidas

AGRO_E_PET_FAZENDAO
CASTELO MULTIMARCAS
SENAC
INSTALCOM
NOSSA SENHORA
CASA TOESCA