UmuaramaSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.18º32º
|

Paraná

Prefeito afirma não ter feito compromisso com despesas da Expo Xambrê

O prefeito Waldemar Filho se posicionou nas redes sociais e disse que não se comprometeu com os gastos da festa; organização, porém, diz que informalmente o prefeito disse que repassaria R$ 30 mil

Foto: Juninho Drone

REDAÇÃO O Bemdito 18 de novembro de 2019 14h46

O prefeito de Xambrê, Waldemar dos Santos Filho, se manifestou a respeito dos transtornos ocorridos na cidade por conta da Expo Xambrê, que aconteceu entre 14 e 17 de novembro. Os trabalhadores terceirizados da festa fizeram uma manifestação em frente à casa do gestor público na noite de domingo (17) pois alegavam que não tinham recebido o salário pelos serviços prestados durante o evento. O prefeito, porém, estava viajando para Curitiba.

Na manhã desta segunda-feira (18), o OBemdito tentou contato com o prefeito para obter um posicionamento, mas não conseguiu resposta. Na tarde desta segunda-feira ele se pronunciou nas redes sociais e disse que não firmou compromisso com a organização da Expo Xambrê com relação às despesas da festa. O prefeito também afirma que assinou um decreto publicado no diário oficial do município que atesta o fato de ele não ter firmado compromisso financeiro com o evento.

Confira a nota do prefeito publicada na íntegra:

“Em respeito aos munícipes da minha cidade, resolvi me manifestar sobre o ocorrido em Xambrê. Quero deixar claro, que em nenhum momento firmei compromisso de forma particular e muito menos como prefeito, na organização Expo Xambrê. Acontece que fomos procurados por uma pessoa representando a empresa ZAGO EVENTOS EIRELI-ME, se propondo organizar a festa. Foram realizadas várias reuniões, até que decidimos permitir o uso do recinto de Rodeio Gozalan. E para cumprir a legislação, foi elaborado um decreto assinado pelas partes e publicado no jornal Umuarama Ilustrado, na página de publicações legais, como vocês podem comprovar logo abaixo a cópia do documento.

 No artigo 3º consta que; fica autorizado o permissionário ao proceder aos serviços necessários para realização do evento, cujas as despesas CORRERÃO por sua conta, sem nenhum ônus para o município de Xambrê. Então, não seria irresponsável de não cumprir com as minhas obrigações. As divulgações deixam bem claro, quem esteve na organização, e a Prefeitura como apoio por ter cedido o espaço. Já sobre a minha viagem a Curitiba, quero informar que vim para receber uma retroescavadeira do governo do estado, e haveria a necessidade da minha assinatura, nesta segunda-feira. Espero que eu tenha explicado, e que as pessoas comentem a verdade. E os responsáveis pelo evento, arquem com suas obrigações”.


O outro lado

A organizadora da festa Edna Justino também se posicionou ao OBemdito. Ela ressaltou que já está conversando com os parceiros do evento para conseguir resolver a situação. Segundo Edna, o que aconteceu foi um erro de confiança. “Informalmente, o prefeito e o filho dele disseram que nos repassariam R$ 30 mil para a realização da festa. Erramos em confiar que isso aconteceria. Mas estávamos contando com esse dinheiro”, alega a organizadora.

Conforme Edna, ela e o parceiro de organização Anderson Lemos pretendem ressarcir os trabalhadores da festa “nem que for para tirar do próprio bolso”, alega, lamentando o caso.

Comente

Leia também

PET
TUCCA
PLAY GAMES
Fabio Rebuci
LAB
Baruck

Mais lidas

    OFERTA VIVIAN 1
    OFERTA VIVIAN 2
    CARRETÃO - Qualidade Dose Dupla
    GLOBAL_MOBILE