UmuaramaSol com algumas nuvens. Não chove.18º31º
|

Saúde

Paraná tem mais 27 casos positivos; Umuarama tem o 2º caso descartado

Boletim estadual informa que em Umuarama são 56 casos em investigação de coronavírus

Foto: AEN

AEN/REDAÇÃO OBEMDITO O Bemdito 25 de março de 2020 19h22

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou mais 27 casos de coronavírus no Paraná nesta quarta-feira (25). 14 homens e 13 mulheres com idades entre 20 e 54 anos são de Curitiba (19), Pinhais (1), Foz do Iguaçu (1), Maringá (1), Ponta Grossa (2), Faxinal (1), Campo Mourão (1) e São Paulo (1) fora do Estado.

O panorama da doença no Paraná é de 97 casos confirmados, 483 descartados e 3.588 em investigação. Nas últimas 24h, a Sesa descartou 286 casos manualmente devido a instabilidade constante do sistema do Ministério da Saúde.

Históricos de viagens e demais informações sobre casos confirmados podem ser verificadas junto às secretarias municipais de saúde.

Até o momento, o Paraná não tem nenhum caso registrado de transmissão comunitária.

Umuarama

De acordo com o boletim estadual, Umuarama tem 56 casos suspeitos de coronavírus. E a cidade tem mais um caso descartado, ou seja, agora dois exames feitos por pessoas atendidas em Umuarama foram negativos para Covid-19.

O hospital Uopeccan Umuarama (referência de atendimento para Covid-19) informou na tarde desta quarta-feira (25) que está com 5 casos: 2 pacientes com suspeita de Covid-19 estão na UTI, 1 paciente confirmado para coronavírus está em isolamento na ala e 2 casos suspeitos estão também em isolamento na ala.

O boletim estadual tem dados diferentes dos divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde nesta quarta-feira, que aponta 39 casos suspeitos na cidade. Conforme a Prefeitura divulgou nesta semana, a diferença acontece em virtude do serviço municipal de contabilizar casos provenientes das unidades básicas de saúde e Pronto Atendimento. Já a Sesa também computa dados dos hospitais (particulares e planos de saúde).

Confira os dados da 12ª Regional de Saúde:

Dados

Todas as notificações pelos serviços de saúde de síndromes respiratórias constam no boletim como casos em investigação.

A medida cumpre a Portaria nº 454/2020, do Ministério da Saúde, que estabelece novos critérios e procedimentos.

Diariamente os serviços de saúde dos 399 municípios do Paraná notificam os atendimentos de síndromes respiratórias via sistema, isso explica o aumento diário significativo nos números em investigação. Porém, nem toda notificação quer dizer que o caso seja considerado como suspeito.

A Portaria do Ministério da Saúde exige a notificação imediata. Após isto, o serviço de saúde municipal, através da análise clínica, define se aquele paciente é um suspeito em potencial e verifica a necessidade, ou não, da coleta de amostra para a realização de testes, ou seja, o número de casos em investigação não significa que todos são considerados suspeitos.

 

Comente

Leia também

MORENA
LAB

Mais lidas

RDR
TUCCA
ANHAGUERA
SUCULENTA
BELLA