UmuaramaSol com algumas nuvens. Não chove.17º33º
|

Saúde

Prefeitura terá boletins semanais para acompanhar evolução de casos da dengue

Foto: Prefeitura de Umuarama

ASSESSORIA O Bemdito 2 de agosto de 2020 10h21

A Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa) começou a divulgar os boletins para acompanhamento da evolução de casos de dengue em Umuarama, com o início do novo ano epidemiológico definido pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Para facilitar a comunicação, a Vigilância Ambiental – setor responsável pelas ações nesta área – vai emitir boletins semanais para atualizar o quadro da doença.

O primeiro informe está sendo publicado neste sábado, 1, e traz dados sobre notificações, casos suspeitos, descartados e confirmados. A cidade começa o ano epidemiológico com três casos confirmados. O anterior foi encerrado no último dia 25, com 6.375 casos da doença acumulados nos últimos 12 meses, apesar de todas as ações realizadas pelo município, com apoio de parceiros e da sociedade organizada. Uma morte foi registrada no período.

“A nova metodologia segue orientação da Sesa, que também emite boletins com menor periodicidade, delimitando semanas epidemiológicas. O importante é manter o foco na prevenção, nos cuidados, na limpeza do quintal e na eliminação de criadouros em nossas casas. Não queremos que a situação se repita, com recorde de casos, mas para isso todos temos que nos empenhar”, orientou a secretária municipal de Saúde, Cecília Cividini.

O Paraná fechou o ano da dengue com mais de 360 mil notificações, das quais cerca de 230 mil foram confirmadas. Houve 177 mortes. Em Umuarama o trabalho de prevenção e combate à dengue não parou nenhum dia. Nesta semana, por exemplo, uma equipe de servidores da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel) percorreu ruas, avenidas e terrenos baldios da cidade recolhendo materiais recicláveis e resíduos com potencial de acumular água e favorecer a reprodução do mosquito transmissor da doença.

De acordo com o secretário de Esporte e Lazer, Jeferson Ferreira, todo dia os servidores recolhem pelo menos um caminhão de resíduos. “Estamos nesta ação desde que foi decretada situação de emergência por conta da pandemia de coronavírus. As atividades esportivas da Smel foram interrompidas e desde então nossa equipe passou a apoiar as ações da Vigilância Ambiental contra a dengue, orientada pelo chefe do setor”, explicou Jefinho.

“Nesse período, o pessoal da Smel e os nossos agentes de combate a endemias percorreram várias vezes todos os bairros da cidade e, infelizmente, notamos que a cada passada a situação é a mesma, ou seja, a população continua jogando lixo na rua, nos canteiros e terrenos vazios. É esse hábito que precisa mudar, além de manter os quintais limpos, para que possamos reduzir os números da dengue”, reforça Carlos Roberto da Silva, coordenador da Vigilância Ambiental.

Ao longo do ano, o município desenvolve várias ações com agentes de endemias, uma grande equipe de servidores comissionados de vários setores, veículos, máquinas e também o trabalho voluntário de entidades parceiras e de parte da população. A Secretaria de Saúde chegou a montar um ambulatório para o atendimento de pacientes, com equipamentos e uma equipe de profissionais treinada. A Vigilância ampliou as ações de fiscalização e vistorias em imóveis com a contratação de 40 agentes de endemias, que trabalham inclusive aos sábados.

As ações foram reforçadas com o trabalho voluntário de atiradores do Tiro de Guerra 05.012, jogadores da Associação de Futsal de Umuarama (Afsu) e outros parceiros. O Programa Bairro Saudável percorreu toda a cidade e recolheu 1.422 toneladas de resíduos, móveis velhos, eletrodomésticos e materiais que poderiam servir de criadouros para o mosquito da dengue.

“Faltou um pouco mais de conscientização da população, porque a maioria dos focos é encontrada nos quintais. Não podemos baixar a guarda. Um novo ano epidemiológico se inicia e temos que manter os quintais livres de criadouros, sem água parada e com a atenção redobrada para que o alto índice de casos positivos deste ano não se repita mais”, recomendou o prefeito Celso Pozzobom.

 


 

Comente

Leia também

MORENA TOP LIFE
LAB
kumon-agora
BELLA ESTÉTICA

Mais lidas

UNINTER
TUCCA
PLACAS MIRANDA
VENEZA
FANCAR
Obemdito anuncie
FAZENDAO SEMANA
WHYSKRITORIO
FAZENDÇAO SHOW