UmuaramaSol com muitas nuvens. Pancadas de chuva à tarde e à noite.22º30º
|

Saúde

Regiões de Campo Mourão e Goioerê também enfrentam falta de leitos de UTI

Em Umuarama nesta segunda-feira 100% dos leitos de enfermaria estavam ocupados e 90% das UTIs

Foto: Tribuna do Interior

O Bemdito 23 de novembro de 2020 19h59

As regiões de Campo Mourão, Goioerê e Umuarama estão em alerta total em decorrência da falta de leitos para atender pacientes da Covid-19. Em Campo Mourão, todos 9 leitos de UTI-Covid (SUS), destinados exclusivamente ao tratamento de pacientes infectados com o novo coronavírus da Santa Casa, hospital referência da região para tratamento da doença, estão ocupados. A informação foi divulgada pelo próprio hospital, em nota oficial, e repassada pela Tribuna do Interior.

“O Hospital Santa Casa de Campo Mourão comunica que a Unidade de Terapia Intensiva Covid encontra-se em sua lotação máxima”, resume a nota. Pacientes de Campo Mourão e região que necessitarem de internamentos de UTI terão de ser realocados agora a outros hospitais da Macrorregião Noroeste, que abrange a Comcam, como Umuarama, Paranavaí, Maringá, ou Cianorte.

A preocupação com a lotação dos leitos já vinha sendo anunciada há vários dias pelo chefe da 11ª Regional de Saúde de Campo Mourão, Eurivelton Wagner Siqueira, que critica a flexibilização dos municípios a protocolos de prevenção e relaxamento da população, fatores que contribuíram para uma ‘explosão’ de casos de Covid em toda a região.

UTI-Neonatal

Ainda segundo a Santa Casa, a UTI-Netonatal do hospital também encontra-se com taxa de 100% de ocupação. Ou seja, todos os 11 leitos existentes estão ocupados. “E não dispomos de ventilador mecânico no momento, assim sem condições de receber novos pacientes. Dessa maneira solicita-se desvio de fluxo das gestantes em trabalho de parto prematuro e recém nascidos que necessitam de UTI Neonatal até a resolução dos casos internos para segurança dos pacientes”, informou a Santa Casa. Já a UTI-Neo Covid e enfermaria estão apenas com 3 de 6 leitos disponíveis.

Goioerê

Na última sexta-feira (20), devido ao aumento de casos de coronavírus na região, a Secretaria Estadual de Saúde do Paraná autorizou a reativação de 15 leitos de enfermaria para tratamento de pacientes com coronavírus na Santa Casa de Goioerê.

O hospital estava com apenas 5 leitos, os outros 15 tinham sido desativados no mês passado. Agora a unidade passa a contar com 20 leitos de enfermaria e também com 10 unidades de UTIs exclusivas para tratamento de Covid-19.

Atualmente a Santa Casa de Campo Mourão conta com 9 leitos de UTI-Covid, todos ocupados (antes eram 15) e 10 leitos de enfermaria. “A população deve fazer a sua parte evitando aglomerações e usando máscara de proteção. Os municípios também devem intensificar o monitoramento de medidas restritivas”, disse Siqueira.

Santa Casa de Goioerê                             (Foto: Goionews)

Umuarama

Nesta segunda-feira Umuarama registrou mais 71 casos de Covid-19. Há dez pacientes positivados que estão hospitalizados – cinco em UTI e cinco em enfermaria. A ocupação de leitos hospitalares segue alta em Umuarama – 100% das enfermarias Covid do SUS estão ocupadas por pacientes da cidade e região, enquanto nas UTIs a ocupação é de 90%.

Umuarama tem 10 leitos de UTI na Uopeccan, hospital de referência. Outros 10 leitos de UTI no hospital Cemil foram desativados no início de novembro, quando a situação estava aparentemente controlada.

(Reportagem: Redação OBemdito e Tribuna do Interior)

 

Comente

Leia também

LABMAX PC
RADCENTER 6 MESES
SALGADINHO PC - 30D
ADVENTISTA 2 MESES

Mais lidas

SEXSHOP PC - 30D
PANVEL
SENAC PC - 30D
TUCCA