UmuaramaSol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.23º34º
|

Saúde

Secretaria de saúde de Tapejara publica orientações sobre os riscos causados por pombos

Via redes sociais da prefeitura orientação é para que as pessoas evitem o contato com os animais

Foto: Arquivo OBemdito

REDAÇÃO O Bemdito 20 de janeiro de 2020 14h39

A secretaria de saúde de Tapejara, por meio do Facebook da prefeitura, emitiu um alerta para a população evitar o contato com pombos. A postagem repercutiu nas redes sociais e gerou comentários de internautas.

Segundo a postagem, os pombos transmitem criptococose (um tipo de infecção pulmonar), histoplasmose (que também afeta o sistema respiratório) e meningite fúngica.

A orientação da prefeitura é para que as pessoas evitem a aproximação dos pombos e também que tapem o nariz e a boca quando eles baterem as asas perto.  Veja o post original aqui.

O Ministério da Saúde, por sua vez, alerta para que as pessoas não alimentem esses animais. “Por serem simpáticos e símbolos da paz, algumas pessoas gostam de alimentá-los com restos de comida, pão, pipocas, que são alimentos inadequados e prejudicam a saúde dos animais, além de viciá-los”, diz o site.

Veja outras dicas:

- retirar ninhos e ovos;

- umedecer as fezes dos pombos com desinfetante antes de varrê-las;

- utilizar luvas e máscara ou pano úmido para cobrir o nariz e a boca ao fazer a limpeza do local onde estão as fezes;

- vedar buracos ou vãos entre paredes, telhados e forros;

- colocar telas em varandas, janelas e caixas de ar condicionado;

- não deixar restos de alimentos que possam servir aos pombos, como ração de cães e gatos;

- utilizar grampos em beirais para evitar que os pombos pousem;

- acondicionar corretamente o lixo em recipientes fechados;

- nunca alimentar os pombos.

Confira a íntegra da orientação do Ministério da saúde aqui.

 

 

Comente

Leia também

cenaic
SENAC_2
MORENA
JOSIANE

Mais lidas

ANHAGUERA
Lançoni
TUCCA
SWEET COLORS
ADAMANTINA
AGRO
SENAC